Connect with us

Natureza Incrível

Menina de sete anos morre após contrair bactéria de hamster da família

Published

on

Criança falece após contrair bactéria de hamster

Em novembro, uma menina de apenas sete anos faleceu em Portugal após contrair uma bactéria infeciosa transmitida por um hamster, que era o animal da família. Joana Teixeira começou a ter vômitos e diarreia decorrentes, que duraram alguns dias.

A pequena foi levada ao hospital, onde seu estado de saúde se agravou. Depois de ser transferida a outro que diagnosticou falência dos rins. Dois dias depois, a menina morreu.

De acordo com a Autoridade de Saúde do Agrupamento de Centros de Saúde Maia/Valongo (ACES Maia/Valongo), de Portugal, a transmissão da doença é possível. Seja por ingestão de alimentos ou água contaminados.

Pânico na escola

A Administração Regional de Saúde Do Norte, do país, ainda está investigando possíveis epidemias que poderiam surgir, após a escola da menina se preocupar com o restante das crianças. Entretanto, de acordo com a ACES, a morte de Joana “trata-se de um caso isolado de doença infeciosa, causada por uma bactéria que raramente causa doença humana com esta gravidade”, não tendo sido observados “outros casos da mesma doença”.

“Queremos saber o que se passou e se os nossos filhos não correm perigo. Sabemos que esta criança conviveu com os colegas e há, hoje, uma outra criança com os mesmos sintomas de vômitos e diarreia” disse o pai de um aluno.

A Direção da escola emitiu uma nota informando que a Autoridade de Saúde “recomenda medidas de proteção como o afastamento de qualquer aluno, docente ou não docente que tenha sintomas da doença, e onde os cuidados de higiene pessoal e alimentar comuns são também aconselhados”.

De acordo com o veterinário português Jorge Cid, há casos de infecção causada por hamsters, mas que são “raríssimos”. Ele ainda afirma que, se houver cuidados de higiene e o controle de um veterinário, o risco disso acontecer é quase inexistente.

Mesmo que o caso tenha ocorrido em Portugal, é importante manter a atenção se você tem um hamster e crianças pequenas em casa.

 

Fonte: Observador

Natureza Incrível

Elefante bebê se torna animal de estimação de sua salvadora.

Published

on

Um filhote de elefante chamado Moyo, com apenas alguns dias de vida, estava se afogando quando tentava atravessar um rio. Ele foi salvo por Roxy que se tornou amiga inseparável do animal.

Moyo foi salva de se afogar com apenas alguns dias de vida, depois de ter sido lavada pelas águas turbulentas do rio que tentava atravessar com sua manada.

Veja também:

Ela acabou então sendo deixada para trás pelos elefantes mais velhos, mas, felizmente, guardas florestais a encontraram no momento em que um bando de hienas a havia cercado.

Ela foi então levada para o santuário de animais ‘Wild Is Life‘, no Zimbábue, onde se tornou muito apegada à sua fundadora, Roxy.

Tão apegada, mas tão apagada, que ela não é sequer capaz de a deixar fora da sua vista.

Fonte

Continue Reading

Natureza Incrível

Última SuperLua do ano ilumina o céu em várias partes do mundo

Published

on

A última superlua do ano foi vista nesta quinta-feira (11), em vários lugares do planeta.

Um presente da natureza pata quem consegiu contemplar a majestosa no céu.

Chamada de Superlua Esturjão, o fenômeno iluminará o céu por três noites, de acordo com a Nasa.

Cidade de Cambrai, na France, nesta quinta-feira (11) de agosto de 2022. — Foto: REUTERS/Pascal Rossignol

No total, 2022 teve três superluas; além desta de agosto, o fenômeno ocorreu em junho e em julho, chamadas de Lua de Morango e Lua dos Cervos, respectivamente.

Em Porto Alegre, nesta quinta- feira, 11 de agosto de 2022. — Foto: EVANDRO LEAL/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO

O termo “superlua” foi utilizado pelo astrólogo Richard Nolle em 1979. O termo é usado designar uma lua nova ou cheia que ocorre quando o astro está a 90% do perigeu. E consequentemente mais próxima da Terra.

Mais um espetáculo da Natureza Incrível!

Fonte

Continue Reading

Natureza Incrível

Conheça o gato com quatro orelhas que conquistou o Instagram

Published

on

Um gato com quatro orelhas chamado Midas finalmente encontrou um lar depois de se tornar viral nas redes sociais por sua aparência peculiar.

Ao contrário de outros felinos, Midas, tem duas orelhinhas adicionais que se projetam de suas orelhas normais.

A deformação pode ser devida a uma mutação genética que herdou dos pais, indica o portal Ladbible. Os ouvidos extras não ajudam a ouvir melhor, mas também não causam problemas.

O gatinho foi adotado por uma mulher na Turquia.depois que as fotos foram postadas por funcionários do abrigo de animais onde estava hospedada.

O dona do gato criou uma conta pessoal no Instagram para ele no mês passado, que agora tem mais de 25.000 seguidores.

Continue Reading

Destaques