Conecte-se conosco

A Boa do Dia

Mulher aparece agredindo mãe de 91 anos em flagrante de vizinho e vídeo causa revolta

Publicado

em

Há imagens que nos incomodam e revoltam. O vídeo de um vizinho que flagrou, em Rio Branco, no Acre, uma mulher maltratando a própria mãe, uma idosa de 91 anos é chocante.

Na gravação é possível ver a mulher puxando a senhora de sua cadeira de rodas, tirando a roupa dela e jogando baldes de água nela, principalmente no seu rosto. Além disso, ela ainda passa a mão com força no rosto da mãe. O caso aconteceu em novembro de 2016 e na época, nenhum membro da família quis se posicionar ao serem procurados pelo G1.

Condenação pela Justiça do Acre:

O vídeo foi analisado pelo Ministério Público do Acre (MP-AC) e foi explicado que o caso estava sendo acompanhado pela instância adequada. Agora, a mulher que maltratou a mãe finalmente foi condenada pela Justiça do Acre. Ela deve cumprir, em regime aberto, a pena de 5 meses e seis dias de detenção e um mês e 12 dias de prisão simples além de pagar uma multa.

Mulher agride a mãe idosa em vídeo

“A ré agiu com frieza ao submeter sua genitora, que possui 91 anos de idade, não tendo condições de oferecer qualquer tipo de reação, a tratamento degradante”, afirmou o juiz.

De acordo com a advogada da acusada, Larissa Bezerra Chaves, ao G1, a decisão de recorrer ou não à decisão judicial ainda será discutida. “Não iremos adentrar no mérito do processo devido à situação não se encaixar de forma rotineira, como foi exposto na sentença”, disse.

Anúncios

Mulher agride a mãe idosa em vídeo

Pessoas idosas, como essa senhora, não conseguem se defender e merecem ser tratadas com carinho e respeito, especialmente pelos seus familiares!

Foto: Reprodução/ /Rede Amazônica Acre

Fonte: G1

A Boa do Dia

Comunidade inaugura supermercado de baixo custo para combater a alta nos preços.

Publicado

em

Um minimercado foi inaugurado na Austrália para ajudar pessoas da comunidade local a enfrentar o aumento do custo dos produtos de mercearia.

A mercearia foi criada para aliviar alguns dos encargos financeiros impostos aos consumidores que lutam com as pressões da vida quotidiana.

Para os membros da comunidade local, é uma visão bem-vinda.

Um homem indígena está em frente a um prédio próximo a uma placa que diz The Pantry
O homem de Barkindji, Wilfred King, disse que a Pantry é um grande trunfo para a comunidade local. ( ABC Broken Hill: Lily McCure )

Custo de vida incomoda 

A gerente executiva de desenvolvimento comunitário da Home in Place, Krystal Moores, disse que foi um empreendimento oportuno. 

Com o objetivo de ajudar em particular as pessoas provenientes de meios socioeconómicos mais baixos, ela disse que era importante garantir que as necessidades da vida quotidiana fossem acessíveis à comunidade.

Um galpão que virou mercearia com clientes reunidos do lado de fora
A Despensa foi oficialmente aberta ao público na quinta-feira. ( Fornecido )

Em parceria com o Food Bank, a maior instituição de caridade de combate à fome da Austrália, o centro consegue vender produtos fornecidos pela instituição de caridade a um preço muito mais baixo.

“Nosso objetivo é envolver a comunidade local… garantindo que estamos atendendo às necessidades da comunidade local”, disse ela. 

Anúncios

Fonte

Continue lendo

A Boa do Dia

Gerente da Taco Bell revive bebê sem vida que parou no drive thru.

Publicado

em

No Richboro Taco Bell, nos arredores da Filadélfia, a gerente Becky Arbaugh não estava trabalhando no horário do almoço, mas mesmo assim estava por perto.

Ela ouviu um grito vindo da janela do drive-through, seguido pelas palavras angustiantes ‘ligue para o 911, o bebê não está respirando!’”

O telefone teria que esperar, pois Arbaugh tirou o fone de ouvido e correu para ver a situação. Do lado de fora da janela do drive-through, ela viu Natasha Long segurando o corpo azul e sem vida de seu filho Myles, de 11 semanas.

“A mãe entrou em pânico”, disse Arbaugh ao Good Morning America. “Eu disse a ela para entregá-lo para mim e fiz RCP. Eu estava tentando acalmá-la, confortá-la e garantir-lhe que ele ficaria bem.”

“O bebê finalmente começou a respirar. A ambulância chegou muito rapidamente e então eles assumiram”, disse Arbaugh. “O paramédico disse que eu salvei a vida dele.”

Anúncios

As circunstâncias não poderiam ter sido mais afortunadas para Myles, porque Arbaugh, ela mesma mãe de quatro filhos, já reiniciou o coração de sua filha algumas vezes devido a complicações médicas.

MAIS HISTÓRIAS DE RESGATE COMO ESTA: Pedreiro enfrenta chamas para salvar bebê e Mulher de incêndio

Em uma declaração enviada por e-mail à ABC News, um porta-voz da Taco Bell disse: “Estamos incrivelmente orgulhosos de Becky por seu ato heróico no início desta semana. Estamos entrando em contato para expressar agradecimento por suas ações rápidas e gentileza.”

Continue lendo

A Boa do Dia

Menina corajosa, de 6 anos, corre para casa em chamas para salvar sua mãe e seus irmãos adormecidos.

Publicado

em

Uma corajosa estudante foi elogiada por seu raciocínio rápido depois de entrar correndo na casa de sua família em chamas para salvar sua mãe e irmãos adormecidos.

Olivia Patterson, de seis anos, estava brincando ao ar livre com uma amiga quando percebeu que sua casa geminada em Riccall, North Yorkshire, estava em chamas.

Coragem

Ela correu para dentro da propriedade onde encontrou sua mãe Laura, 29, dormindo no sofá junto com seus irmãos Joel-James, um, e Tiffany, dois. Graças às ações de Olivia, os três foram acordados e conseguiram escapar ilesos do incêndio .

A avó de Olivia, Sadie Gelder, 54, expressou imenso orgulho pela jovem ‘incrível’ por resgatar sua família do incêndio. “Estamos absolutamente orgulhosos dela. Ela tem TDAH, então tem sido absolutamente incrível. Não podemos acreditar que Olivia libertou Laura – ela tem seis anos e correu em um prédio em chamas”, disse ela.

O incêndio começou na casa do vizinho de Laura no dia 4 de abril e rapidamente se espalhou pelo andar de cima de sua propriedade de três quartos. Uma investigação sobre a causa do incêndio está em andamento, mas suspeita-se que a culpa possa ser de um carregador de telefone.

Fonte

Anúncios
Continue lendo

Destaques