Connect with us

A Boa do Dia

Garota de três anos é alérgica a quase tudo. “É como se ela vivesse em uma bolha”

Published

on

A alergia dela prejudica e muito sua vida

Você tem alguma alergia? A sensação de sentir dores e coceiras em seu corpo somente porque você comeu ou usou um produto é terrível. Mas acredite, alergias podem ser piores do que você pensa. Uma garotinha chamada Gabby Marler não pode nem tocar em amendoins, alimentos lácteos, ovos e trigo, e até poeira pode ser prejudicial para a saúde dela.

A vida da menina de três anos não é nada fácil.  Para você ter ideia, ela não pode nem andar descalça em casa, pois seus pés são muito sensíveis a qualquer mínima sujeira. A mãe da garota, Tiffany, lamenta tudo isso, “Na maioria das vezes, Gabby simplesmente não é capaz de ser uma criança”.

A doença de Gabby a prejudica durante todas as horas de seu dia. Por causa da doença, ela não pode ir à creche ou à escola. A mãe da menina conta até mesmo que alguns vizinhos e familiares não convidam a família para festas, “Nós somos deixados de fora dos eventos sociais porque as pessoas ficam muito assustadas e acham que podem se contaminar com o que minha filha tem”, disse Tiffany.  

alergia

Garota afetada por uma alergia que dificulta e muito a sua vida

Como tudo começou

Os problemas de Gabby começaram poucos dias depois de seu nascimento. Não demorou muito para que ela desenvolvesse problemas em seu rosto, dores de estômago e gases. A garotinha também começou a perder peso e suas fezes eram verdes e cheias de espuma.

Não demorou muito para que os pais dela recebessem o triste diagnóstico: Gabby tinha uma dermatite atópica infantil, mais conhecida como eczema. “Nós sempre soubemos que tinha algo errado com ela, mas demorou muito para que entendêssemos o que realmente estava acontecendo”, conta a mãe dela.

alergia

Garota afetada por uma alergia que dificulta e muito a sua vida

A vida de Gabby

A garotinha dorme com um pijama especial, desenvolvido com uma espécie de bambu que cobre todo o seu pé. Além disso, a menina precisa de uma dieta super especial, que não contenha nenhum dos diversos alimentos que Gabby é alérgica.

É muito triste ver tudo aquilo, conta a mãe. “É como se ela vivesse em uma bolha” sem contato com o mundo externo.

Esperamos que a garotinha consiga superar a sua doença e realize seus sonhos.

Fotos: Reprodução Internet

Fonte: Daily Mail

 

A Boa do Dia

Dono de hotel cria um parque “mágico” para crianças em tratamentos especiais.

Published

on

A história de Give Kids The World começou com uma garotinha chamada Amy, um desejo e o desejo de um homem de realizar esse desejo.

Amy tinha leucemia e desejava visitar os parques temáticos de Orlando. Para facilitar esse desejo, Henri Landwirth foi convidado a fornecer uma estadia de cortesia para Amy e sua família.

imagem/GKTW.org

Embora o hoteleiro tenha concordado de bom grado, o restante dos planos de viagem de Amy levou muito tempo para ser organizado, e seu desejo nunca foi atendido. O tempo simplesmente acabou e Amy faleceu.

Então, Henri fez um voto de que nenhuma criança necessitada jamais passaria por isso novamente. Por isso, garantir que a história de Amy nunca se repita é uma missão que a Give Kids The World cumpre desde 1986.

imagem/GKTW.org

Uma estadia no Village é muito mais do que férias. Durante uma semana transformadora, deseje que as famílias riam, brinquem e criem memórias inestimáveis ​​juntas, longe de visitas hospitalares e procedimentos médicos.

imagem/GKTW.org

Desde 1986, Give Kids The World Village recebeu mais de 177.000 famílias de todos os 50 estados e 76 países.

Mas, tudo isso só é possível graças ao apoio de doadores generosos e parceiros da comunidade. E também, dos voluntários apaixonados que doam seu tempo e talento para realizar desejos.

Continue Reading

A Boa do Dia

Boa notícia para quem tem dívidas com a Receita Federal

Published

on

A partir de 1º de setembro, os contribuintes poderão renegociar os débitos com até 70% de desconto.

A Receita Federal publicou nesta sexta-feira, 12, a portaria que aumentará os benefícios para quem quiser parcelar até R$ 1,4 trilhão em dívidas tributárias que ainda não estejam sob contestação judicial.

A medida inclui dívidas para pessoas físicas, MEIs (microempreendedores individuais) e empresas.

Para o público geral, o desconto máximo para a renegociação de dívidas aumentou de 50% para 65%, sendo que, para empresas (de todos os tamanhos), MEIs (microempreendedores individuais), micro e pequenas empresas do Simples Nacional e santas casas, o desconto poderá ser de até 70%.

Parcelamento ampliado

O prazo de parcelamento também foi ampliado. Para o público geral, passou de 84 meses (7 anos) para 120 meses (10 anos).

Para empresas, MEIs, micro e pequenas empresas do Simples Nacional e santas casas, o prazo poderá estender-se por até 145 meses (12 anos e 1 mês).

Os devedores de impostos ainda não inscritos em dívida ativa poderão apresentar proposta individual de transação ao Fisco.

Nas próximas semanas, a Receita deverá publicar um edital para a transação tributária de dívidas de pequeno valor.

Fonte

Continue Reading

A Boa do Dia

Mulher que cria galinhas de estimação tem uma surpresa!

Published

on

Uma família, de West Oxfordshire, no sudoeste do Reino Unido se surpreendeu no último sábado, 6, quando foi recolher os ovos colocados por uma galinha de estimação e se deparou com um ovo perfeitamente redondo.

“No sábado de manhã, abri o ninho e estava lá, um círculo perfeito”, contou Annabel Mulcahy.

Segundo ela o ovo é muito estranho. “Posso rolar na mesa como uma bolinha de gude”, disse.

Criadora de galinha há 20 anos, Annabel, aproveitou da “raridade” e colocou o ovo à venda por 500 euros (Cerca de R$ 2.600). Com o dinheiro arrecadado, Mulcahy quer ajudar a resgatar outras galinhas, uma ação que é tradição da sua família.

A criadora da obra, a galinha que leva o nome de Twinskie, que também é conhecida como labrador, é recente na família. Ela foi resgatada há pouco tempo e passou a ser criada por Mulcahy e suas filhas.

A mulher, tem várias galinhas de estimação, e diz que e diz que elas são amigáveis. “Se estou no jardim, elas vêm tomar sol aos meus pés”.

Fonte

Continue Reading

Destaques