Alzheimer: Dez dicas para você abandonar velhos hábitos e lutar contra a doença


PUBLICIDADE

O Alzheimer é uma doença neuro-degenerativa que começa aos poucos e com tempo vai fazendo com que a pessoa tenha perda de memória, e conforme vai se agravando, afeta a capacidade de aprendizado, atenção, orientação, compreensão e linguagem.

Por ser uma doença degenerativa o Alzheimer faz com que a pessoa apresente alguns sinais de demência. Entretanto a doença pode ser prevenida com pequenas mudanças nos nossos hábitos, e para que já sofre com alguns efeitos como perda da memória, também podem tentar reverter a situação com essas dicas.

PUBLICIDADE

Veja nessa lista dez dicas para evitar que o Alzheimer atinja sua cabeça.

1. Minimizar o uso de drogas anticolinérgicas

Essas drogas diminuem os impulsos nervosos parassimpáticos, os quais são responsáveis pelo gerenciamento das atividades que acontecem enquanto o corpo descansa.

Existem estudos que mostram que o uso regular de medicamentos anticolinérgicos aumenta significativamente o risco de demência.

2. Tome vitamina D

Muitos estudos apontam que a Vitamina D diminui as chances do desenvolvimento de demência no futuro. Então o consumo de vitamina D, principalmente a exposição ao sol, pode ser um forte aliado.

3. Consuma óleo de peixe/ ômega 3

O ômega 3, presente no peixe, aliado a uma outra proteína tem o poder de destruir os causadores do Alzheimer.

Por isso muitos médicos indicam o consumo do óleo de peixe como uma forma de prevenir os efeitos da doença, entretanto, o consumo desequilibrado da substância pode causar severos efeitos colaterais.

4. Consuma vitaminas do complexo B

Vitaminas como B12, B6 e folato podem reduzir os níveis da molécula homocisteína (HC), substância que em níveis elevados aumentam as chances do desenvolvimento de problemas vasculares. Além disso, com o tempo pode levar ao declínio cognitivo.

5. Pratique exercícios físicos

A prática de exercícios beneficia todo o organismo, não prevenindo somente o Alzheimer, mas sim uma série de doenças.

6. Explore o seu cérebro

Faça com que seu cérebro trabalhe, seja realizando palavras cruzadas ou aprendendo uma nova língua, o importante é que a mente seja desafiada.

Um estudo recente apontou que pessoas que sabem mais de uma língua ganham pelo menos cinco anos a mais de lucidez do que as que conhecem apenas o básico da língua nativa.

7. Reduza o consumo de álcool e fumo

O consumo dessas substâncias podem causar não só o desenvolvimento do Alzheimer, mas também de diversas outras doenças.

Fumantes apresentam um risco 45% maior de desenvolver Alzheimer comparados aos não fumantes.

8. Proteja a cabeça contra lesões

Lesões na cabeça aumentam as chances do desenvolvimento do Alzheimer.

O uso de capacetes ou outras proteções são fundamentais na prática de esportes radicais.

9. Garanta seu ciclo social

A interação com outras pessoas é essencial para que mantenhamos a sanidade mental. Ficar muito tempo sem contato social pode afetar severamente o nosso cérebro.

10. Analise o peso, nível de colesterol e a pressão arterial

Estar com o peso e os níveis hormonais equilibrados garantem uma qualidade de vida melhor. Alterações bruscas podem resultar em problemas vasculares no cérebro e no coração.

Imagem: Reprodução Internet

POSTS PATROCINADOS