Saga Johnny Depp e Amber Heard, para refletir


Nos últimos meses, o mundo acompanhou como num Reality Show, o julgamento envolvendo os famosos Johnny Depp e Amber Heard. O julgamento expôs a vida conjugal conturbada de duas estrelas que se acusavam mutuamente de maus tratos. Sem respeitar o velho ditado que, “em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”, milhares de pessoas tomaram partido. Uns apoiando a esposa que dizia ser maltratada e outros apoiando o esposo que dizia ser mentira.

Getty image

Jornais do mundo inteiro se empenharam em acompanhar de perto e postar todos os dias novas cenas da novela. Memes foram criados, ativistas foram incitados e o mundo teve um grande espetáculo na mídia em tempo real e com vidas reais. O juri decidiu que as provas apresentadas não foram suficientes e o ator acabou sendo indenizado em 15 milhões de dólares pelas falsas acusações contra ele e pelo fato de ser ele mesmo a vítima de Heard, como afirmou.

Esse é um daqueles momentos em que podemos parar e refletir: o que aconteceu com o casal de Hollywood não é um caso distante de cada um de nós. Em todo o mundo os relacionamentos estão cada vez mais frágeis, cheios de desconfianças e deixando pessoas feridas e emocionalmente perturbadas. A diferença é que nem todo mundo estrelou em Piratas do Caribe ou em Aquaman, e ainda tem a liberdade de lavar a roupa suja em casa. E se, ao invés de assistimos com bebida e pipoca a desgraça alheia emitindo julgamentos precipitados, ficássemos com o argumento mais famoso na história dos julgamentos: “quem não tem pecado, que atire a primeira pedra”?


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Drica Adamo