Quando 250 gravatas viram uma instituição de caridade


Tim Pham, âncora matinal do programa “Up with KREM” em Spokane, Washington, ao USA Today , colecionou 250 gravatas ao longo de seus 8 anos de trabalho.

Ele decidiu compartilhar suas gravatas através de um anuncio feito no twitter: “Há 8 anos, abri meu primeiro salário na TV por incríveis US $ 600! Trabalhei em 3 empregos apenas para sobreviver, quanto mais comprar gravatas para o trabalho”, disse o tweet. “Se você precisar de uma gravata, me mande uma mensagem. Tudo que eu peço é que você pague um dia.”

Muitos jornalistas, recém formados, veteranos na faculdade, organizações sem fins lucrativos e até uma prisão, pedindo gravatas para ex detentos que precisavam procurar emprego, entraram em contato com Pham.

Com a ajuda de uma empresa de lavanderia e uma de transporte, o jornalista acabou abrindo uma mini organização: a “Phamily Ties”.

O âncora, enviou cerca de 100 gravatas e distribuiu mais de uma dúzia localmente em Spokane desde seu tweet. Ele espera que sua doação de gravatas incentive os jovens jornalistas a “continuar trabalhando duro” e perseguir seus sonhos.

“Todos devem poder andar com essa confiança e profissionalismo, mas o custo das gravatas está fora do orçamento e não é uma prioridade para os jornalistas que ganham centavos no primeiro emprego”, declarou.

A experiência de Pham é uma prova maravilhosa de que ainda existem muitas ótimas pessoas por aí e que as mídias sociais podem reuni-las para ajudar aqueles que estão abrindo caminhos no mundo.

Passe adiante! Se você acumulou coisas, outras pessoas podem se beneficiar delas. E você terá aquela satisfação de quem ajuda e transforma o mundo.

Upworthy


Like it? Share with your friends!

What's Your Reaction?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Drica Adamo