Connect with us

Natureza Incrível

Agredido pelo dono, cão quase morre ao ficar paralítico e só uma pessoa poderia dá-lo uma vida

Published

on

Lucho é um cãozinho que tem uma história que não começou nada bem, mas como um bom conto de fadas, tem um lindo final feliz. Ele trata-se de um poodle que possui paralisia em suas pernas traseiras, isso porque ele tem muita vontade de viver, mas poderia não ser bem assim.

Tudo começou em 12 de agosto de 2012, quando ele este filhote foi condenado à morte por seu próprio dono. Na época, o homem havia decidido que a melhor coisa que poderia acontecer com o cachorrinho, que estava com pouca saúde, era morrer. Para continuar com seu plano, ele o levou a uma clínica veterinária para eutanasiá-lo.

Foi quando Christian Heymann, o proprietário da clínica que avaliou a situação de Lucho, disse que sua vida mudou depois de conhecer esse maravilhoso amigo peludo. “Nós o medicamos e concordamos em retornar no dia seguinte para fazer exames de raio-X e determinar as razões pelas quais ele não pode andar”, disse o veterinário.

Quando acordou um dia depois, Christian enviou um dos veterinários de sua equipe para a residência de Lucho e examiná-lo após a medicação. Para a surpresa de todos, o dono do animal se recusou a deixar o médico realizar a avaliação. “O proprietário simplesmente nos pediu para eutanasiá-lo, porque ele não cuidaria dele”, afirmou.

Finalmente, uma nova vida

Mas a atitude de Lucho chamou a atenção do especialista, que fez a avaliação após levar o cão embora. Depois de algumas horas, Christian recebeu um chamado sobre uma possível adoção e a fabricação de uma cadeira de rodas. A equipe médica, longe de cumprir o pedido do dono de Lucho, viu nele um cachorrinho que precisava de tratamento e cuidados necessários para ele levar uma vida normal e feliz.

Mas Christian, sem hesitação, pegou para si a responsabilidade que seu antigo dono não estava disposto a assumir e sempre se manteve ao lado do cão. “Todos os animais merecem uma oportunidade. Ter um animal de estimação implica assumir a responsabilidade considerando que é um ser vivo que também requer cuidados”, disse.

Os resultados dos estudos realizados mostraram que a paralisia das patas traseiras se deve à ruptura da coluna vertebral como resultado de um golpe. Este diagnóstico indicou que este cachorrinho foi vítima de abuso animal e isso também justificou sua agressividade. Christian disse que Lucho rastejou no chão, passando sobre suas fezes e urina. Isso causou danos dolorosos à sua pele e quadril.

Seus ferimentos foram curados quase um mês depois do resgate, graças ao cuidado diário e ao uso da cadeira de rodas feita de maneira improvisada com tubos de PVC e rodas de bicicleta auxiliares. Lucho começou a mostrar uma atitude alegre e cheia de coragem. Cada dia, o vínculo de amor com sua nova família e com Christian apenas crescia.

Aventuras de Lucho

“O garoto estava perfeitamente integrado na família de humanos e outros sete cães, mas ele não me deixava de lado”. Christian programou uma rotina diária que incluía a companhia de Lucho. Todas as manhãs, ele acordava e o acompanhava em suas visitas. “Necessitava ser estimulado para urinar, então eu o acompanhava para que pudesse ficar de olho nele”, disse.

Mas Christian não desistiu de encontrar uma maneira de criar uma cadeira de rodas que se adaptasse às necessidades reais de Lucho. “Conheci Carlos Tacuri, um fã de ciclismo e proprietário de um negócio em Quito, onde as bicicletas são fabricadas e vendidas. Em uma fusão de idéias, Tacuri fez uma cadeira de rodas com aço para Lucho”.

O revestimento para esta nova cadeira foi feito por Jameela Valladares, dono de uma empresa de acessórios para animais de estimação. “Depois de três tentativas e alguns ajustes, Lucho finalmente tem uma cadeira de rodas perfeita para ele”. Desde então, ele sentiu-se mais livre e independente. Corre, pula e acompanha Christian em maratonas, desfiles de moda e outras atividades.

Entretanto, a família de Lucho mudou-se para o Panamá em janeiro de 2014 por motivos de trabalho, onde vivem felizes. Por outro lado, o cãozinho não desgruda de seu novo dono. Todas as manhãs eles vão trabalhar juntos e participam do ciclismo. “O cachorrinho é muito conhecido no meio. Participamos em algumas competições, também em corridas e ele gosta de nadar”, disse Christian.

A vida de Lucho e Christian mudou para melhor” Eles são felizes e tiveram a oportunidade de ter experiências de vida únicas e ajudar um ao outro.

 

Fonte: Zoorprendente

Natureza Incrível

Elefante bebê se torna animal de estimação de sua salvadora.

Published

on

Um filhote de elefante chamado Moyo, com apenas alguns dias de vida, estava se afogando quando tentava atravessar um rio. Ele foi salvo por Roxy que se tornou amiga inseparável do animal.

Moyo foi salva de se afogar com apenas alguns dias de vida, depois de ter sido lavada pelas águas turbulentas do rio que tentava atravessar com sua manada.

Veja também:

Ela acabou então sendo deixada para trás pelos elefantes mais velhos, mas, felizmente, guardas florestais a encontraram no momento em que um bando de hienas a havia cercado.

Ela foi então levada para o santuário de animais ‘Wild Is Life‘, no Zimbábue, onde se tornou muito apegada à sua fundadora, Roxy.

Tão apegada, mas tão apagada, que ela não é sequer capaz de a deixar fora da sua vista.

Fonte

Continue Reading

Natureza Incrível

Última SuperLua do ano ilumina o céu em várias partes do mundo

Published

on

A última superlua do ano foi vista nesta quinta-feira (11), em vários lugares do planeta.

Um presente da natureza pata quem consegiu contemplar a majestosa no céu.

Chamada de Superlua Esturjão, o fenômeno iluminará o céu por três noites, de acordo com a Nasa.

Cidade de Cambrai, na France, nesta quinta-feira (11) de agosto de 2022. — Foto: REUTERS/Pascal Rossignol

No total, 2022 teve três superluas; além desta de agosto, o fenômeno ocorreu em junho e em julho, chamadas de Lua de Morango e Lua dos Cervos, respectivamente.

Em Porto Alegre, nesta quinta- feira, 11 de agosto de 2022. — Foto: EVANDRO LEAL/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO

O termo “superlua” foi utilizado pelo astrólogo Richard Nolle em 1979. O termo é usado designar uma lua nova ou cheia que ocorre quando o astro está a 90% do perigeu. E consequentemente mais próxima da Terra.

Mais um espetáculo da Natureza Incrível!

Fonte

Continue Reading

Natureza Incrível

Conheça o gato com quatro orelhas que conquistou o Instagram

Published

on

Um gato com quatro orelhas chamado Midas finalmente encontrou um lar depois de se tornar viral nas redes sociais por sua aparência peculiar.

Ao contrário de outros felinos, Midas, tem duas orelhinhas adicionais que se projetam de suas orelhas normais.

A deformação pode ser devida a uma mutação genética que herdou dos pais, indica o portal Ladbible. Os ouvidos extras não ajudam a ouvir melhor, mas também não causam problemas.

O gatinho foi adotado por uma mulher na Turquia.depois que as fotos foram postadas por funcionários do abrigo de animais onde estava hospedada.

O dona do gato criou uma conta pessoal no Instagram para ele no mês passado, que agora tem mais de 25.000 seguidores.

Continue Reading

Destaques