Connect with us

Ciência e saúde

100 mil calorias extras: é isso que uma mulher consome a mais por ano enquanto trabalha

Published

on

Uma pesquisa revelou, para as tristeza do público feminino, que as mulheres que fazem um “lanchinho” no local de trabalho consomem 100.000 calorias extras a cada ano.

A notícia surpreendente foi revelada depois de uma pesquisa feita com mil mulheres em nome da fabricante holandesa de alimentos orgânicos, Kallø, a qual comprovou que a maioria das mulheres consomem em média 2,240 calorias a mais que o indicad por semana.

.

O consumo total médio de batatas fritas, bolos, doces, chocolate e bebidas lácteas ou açucaradas é equivalente a ingestão de alimentos adicional de 50 dias, já que o consumo ideal de uma mulher adulta é de 2.000 calorias por dia.

A consultora dietista Helen Bond disse: “Não estou surpreso com esses resultados, mas as pessoas precisam estar cientes de que um extra de 3.500 calorias por semana, ou 500 por dia, significa que você ingere muita gordura extra.”

O estudo faz um alerta também sobre os riscos que o consumo de alimentos não saudáveis podem trazer para a saúde das mulheres, especialmente o da obesidade, que atinge números alarmantes no mundo todo.

Escolher uma alimentação mais saudável baseada no consumo defrutas, iogurte light, sucos naturais, biscoitos integrais e outras opções como essas durante o trabalho, ajuda na prevenção de possíveis problemas de saúde como pressão alta e diabetes.

Imagem / Reprodução da Internet

Comments

comments

A Boa do Dia

Famílias de autistas receberão teleatendimento da Apae

Published

on

A Federação das Apaes do Estado do Espirito Santo, lançou o Núcleo de Acolhimento à Família de Pessoas com Deficiência Intelectual ou Autismo.

O NAF vai promover um teleatendimento inédito, com o intuito de escutar as famílias das pessoas com deficiência.

Imagem: APAE-ES

O presidente da Federação das Apaes, Vanderson Roberto Pedruzzi Gaburo, disse que o objetivo é identificar o momento em que a família se encontram no processo de conhecimento do diagnóstico.

Com isso, poderão orientá-las de acordo com suas particularidades e recursos existentes nas redes socioassistenciais no município de origem.

Com certeza essa é uma iniciativa que poderia se espalhar por todo país. Existe hoje um caso de autismo a cada 110 pessoas. Dessa forma, estima-se que o Brasil, com seus 200 milhões de habitantes, possua cerca de 2 milhões de autistas, segundo o Center of Deseases Control and Prevention.

Abrangência

A Federação das Apaes do Estado do Espírito Santo é uma instituição que existe para garantir assessoramento e capacitações das unidades das Apaes.

São 42 filiadas: 40 Apaes e as coirmãs Amaes e Vitória Down. Além disso, são 2.500 profissionais que colaboram com esta causa.

Ao todo, 9.106 pessoas com deficiência intelectual e múltipla e suas famílias são atendidas pelas Apaes.

Fonte

Comments

comments

Continue Reading

Ciência e saúde

Câncer de intestino: como verificar seu cocô

Published

on

Dame Deborah James, que morreu de câncer de intestino aos 40 anos, disse a todos para verificar seu cocô como parte de sua campanha para aumentar a conscientização sobre a doença.

Como identificar o câncer de intestino?

Observe estas três coisas:

-Sangue em seu cocô que acontece sem motivo óbvio – pode ser vermelho brilhante ou vermelho escuro
-Uma mudança na forma como você faz cocô – como ir ao banheiro com mais frequência ou seu cocô ficando mais escorrendo ou duro
-Sentindo dor na barriga ou inchaço, quando sua barriga está cheia e apertada


Pode haver outros sintomas também, como:
você emagreceu
você sente que não esvaziou seu intestino corretamente após fazer cocô
você se sente mais cansado ou tonto do que o habitual
Ter esses sintomas não significa necessariamente que é câncer de intestino, mas o conselho é consultar um médico se você os notar por três semanas ou mais e se as coisas não parecerem bem.
Isso significa que eles podem ser verificados rapidamente. Quanto mais cedo os cânceres forem diagnosticados, mais fácil será o tratamento.

Às vezes, o câncer de intestino pode impedir que os resíduos passem pelo intestino e isso pode causar um bloqueio. Isso pode causar dor de barriga severa, constipação e doença. Você precisará consultar seu médico ou ir ao pronto-socorro mais próximo imediatamente nessas circunstâncias.

Como verifico meu cocô?
Dê uma boa olhada no que sai quando você vai ao banheiro e não tenha vergonha de falar sobre isso.
Você deve estar atento ao sangue em seu cocô, bem como ao sangramento do fundo.
O sangue vermelho brilhante pode vir de vasos sanguíneos inchados (pilhas) em sua passagem posterior, mas também pode ser causado por câncer de intestino.
Sangue vermelho escuro ou preto em seu cocô pode vir do intestino ou do estômago e também pode ser preocupante.

Você também pode estar notando uma mudança no hábito intestinal, como cocô mais solto ou cocô com mais frequência do que o normal.
Ou você pode sentir que não está esvaziando os intestinos adequadamente e não vai com frequência suficiente.

Diário dos sintomas
O Bowel Cancer UK recomenda manter um diário dos sintomas antes de visitar seu médico para que você não esqueça nada na consulta.
Os médicos estão acostumados a ver muitas pessoas com uma variedade de problemas intestinais, portanto, informe-os sobre quaisquer alterações ou sangramentos para que possam descobrir a causa.


O que causa o câncer de intestino?
Ninguém sabe exatamente o que causa isso, mas há algumas coisas que podem torná-lo mais provável de se desenvolver:
quanto mais velho você for, maior a probabilidade de câncer e o intestino não é diferente – a maioria dos casos ocorre em adultos com mais de 50 anos
comer uma dieta com muita carne vermelha e carne processada, como salsichas, bacon, salame
fumar cigarros pode aumentar o risco de muitos cânceres
beber muito álcool
estar acima do peso ou obeso
ter um histórico de pólipos no intestino que podem se transformar em tumores

Pode ser hereditário?

Na maioria dos casos, o câncer de intestino não é hereditário, mas você deve informar seu médico de família se tiver algum parente próximo diagnosticado antes dos 50 anos.

Algumas condições genéticas, como a síndrome de Lynch, significam que as pessoas têm um risco muito maior de desenvolver câncer de intestino, mas também podem ser evitadas se os médicos souberem da doença.


Como reduzir seu risco?
Mais da metade dos cânceres intestinais podem ser prevenidos por pessoas que seguem um estilo de vida mais saudável, dizem os cientistas.
Isso significa fazer mais exercícios, comer mais fibras e menos gordura e beber cerca de seis a oito copos de água por dia.
Mas isso também significa ir ao seu médico de família com qualquer sintoma preocupante e aceitar a oferta de rastreamento do câncer assim que for oferecida.


Mais de 90% das pessoas diagnosticadas com câncer de intestino em seu estágio inicial sobreviverão por cinco anos ou mais – em comparação com 44% quando diagnosticados no estágio mais recente.
As chances de sobrevivência no Reino Unido mais que dobraram nos últimos 40 anos.

Fonte

Comments

comments

Continue Reading

Ciência e saúde

Você conhece a síndrome do Overtraining?

Published

on

É certo que especialistas recomendam que uma pessoa realize atividade física para melhorar seu equilíbrio e aumentar a força muscular duas ou mais vezes por semana.  Em geral, adultos de 18 a 64 anos precisam de pelo menos 150 minutos de atividade aeróbica moderada em sete dias.

Para alguns, esses números podem parecer pouco — mas representam a quantidade mínima de exercícios para uma pessoa ser relativamente saudável. Por esse motivo, cria-se a mentalidade do “quanto mais, melhor”, o que não é exatamente uma verdade.

Pessoas que se exercitam demais da conta correm o risco de desenvolver a temida “síndrome de overtraining“. 

overtraining, ou simplesmente “excesso de exercício” no português, é o nome dado para quando um indivíduo está extrapolando a rotina de treinos.

Para saber se você não está judiando do seu corpo além do necessário, veja os principais:

  • Falta de progresso nos seus exercícios;
  • Queda da forma física semanalmente;
  • Por conta do estresse crônico, seu metabolismo está sendo alterado e você pode observar o ganho de peso;
  • Apesar da dor muscular ser normal após um treino, você continuará sentindo esse incômodo por vários dias;
  • Estresse e mau humor;
  • Qualidade de sono prejudicada;
  • Frequência cardíaca fora de controle.

Referência: Mega Curioso

Comments

comments

Continue Reading

Destaques