A Boa do Dia

Garota da foto da guerra no Vietnã, conta sua história de perdão

Published

on

A imagem que se tornou um símbolo do sentimento anti-guerra é de Kim Phuc. Enquanto a imagem percorria o mundo, a garota passou 14 meses em vários hospitais fazendo tratamentos, na época.

Vários jornais e mídias sociais lembraram os 50 anos daquela foto, tirada em 1972, e de como aquela menina se tornou hoje uma grande mulher.

Kim, que que recebeu ajuda do fotógrafo naquele dia terrível, também conta que sentiu muita vergonha de ver sua imagem nua, em todos os cantos do mundo. Sofreu com esse trauma por muitos anos e tinha medo de nunca ser amada de verdade.

Mas, depois de um tempo ela decidiu perdoar sua triste história de dor e exposição e relatou em um livro como a força do perdão pode mudar tudo.

“Depois de tirar a foto, ele largou a máquina, embrulhou-me num cobertor e levou-me ao médico. Sou-lhe eternamente grata”, afirma Kim.

Em 1992, após ter recebido asilo político no Canadá, além do livro que conta suas experiências, ela fundou a Kim Foundation International, uma organização que oferece ajuda a crianças de guerra. Foi nomeada embaixadora da boa vontade das Nações Unidas em 1997 e desde então ela discursa no mundo todo sobre sua vida e o poder do perdão.

A vida pode ser difícil, mas as experiencias ruins podem se tornar caminho de salvação para muitos. Essa é a força do perdão!

Destaques

Sair da versão mobile