A Boa do Dia

Depois de 20 anos de busca, mãe e filho descobrem que são colegas de trabalho

Published

on

Há 20 anos, Holly Shearer havia ficado grávida na adolescente. Ela decidiu dá-lo para adoção mas, sempre pensou no filho. No aniversário de 20 anos do menino, ela resolveu entrar em contato com ele e, para a surpresa de ambos, os dois trabalhavam no mesmo hospital. O caso ocorreu nos Estados Unidos.

crédito: Divulgação / HCA Healthcare’s St. Mark’s Hospital)

Holly já tinha encontrado o filho pelas redes sociais antes, quando ele tinha 18 anos, mas ela decidiu não mandar mensagem.

O jovem Benjamin Hulleberg foi adotado ainda recém-nascido e sempre soube a verdade sobre seu nascimento. Ele sempre quis saber quem era a mãe mas só sabia o primeiro nome dela.

Foi durante o seu aniversário de 20 anos que ele finalmente conseguiu o que sempre sonhou. Pelo Instagram, Holly mandou uma mensagem de parabéns e se apresentou como sua mãe biológica. “Eu estava chorando. Foram emoções muito positivas, mas para mim, este é um dia que eu esperava nos últimos 20 anos da minha vida e imaginar que finalmente estava acontecendo era ultrajante.

Benjamin decidiu que não queria esperar para conhecer a mãe e organizou para que se encontrassem pessoalmente no dia seguinte.

O encontro

O encontro foi emocionante de acordo com Benjamin. “Quando eu a vi, ela se levantou e me deu um abraço e eu chorei. Eu apenas olhei para ela e pensei: ‘Você é real, como se estivesse na minha frente’. E foi surreal.”

Mãe e filho descobriram que trabalhavam no mesmo hospital. Holly trabalha como assistente da equipe médica no HCA Healthcare’s St. Mark’s Hospital na cidade de Salt Lake City, enquanto Benjamin é voluntário no local.

Uma grande história para dar esperança! Compartilhe!

Fonte

Destaques

Sair da versão mobile