PUBLICIDADE

Quando formamos uma família sempre pensamos que os pais morrerão primeiro e nunca o contrário. Mas existem diversos casos onde o contrário se aplica.

Sarah Danbury é uma mãe de Lincolnshire, no Reino Unido. A menina lutava contra um agressivo câncer no fígado, com tumores do tamanho de bolas de tênis em seu abdômen.

Em setembro Amy já estava passando pelo tratamento quando a mãe sentou na beira de sua cama e tirou uma selfie. Quando observaram o resultado, ficaram espantadas com a luz que irradiava a garota. "É o meu anjo da guarda", Amy disse.

Amy morreu três semanas depois. Uma perda triste para a mãe. Mas embora a forma angelical tenha intrigado Sarah, acredita que alguém estava procurando por ela até o fim. Provavelmente seu avô que passou também por um câncer e faleceu seis meses antes.

"Ela era uma menina tão valente. Ela não era uma para sentar lá chorando, ela era tão forte de espírito e um verdadeiro lutador.", conta Sarah.

Mas o que acha? A imagem é ou não real?

Foto: Reprodução / Caters News

PUBLICIDADE