Funcionário da Elizabeth II morre e deixa seu cão sozinho. Então, olha o que a rainha faz com ele


PUBLICIDADE

Você deve conhecer a rainha da Inglaterra, Elizabeth II, não é mesmo? Mas é provável que não conheça o seu amor por cães! Isso mesmo, ela adora esses animais e desde pequena sempre esteve cercada de muitos, principalmente cachorros da raça Corgi, seus favoritos.

Mas com a idade já avançada, hoje com 91 anos, ela diminuiu suas aparições em público e também o número de pets, ficando com apenas 3 – Willow, Vulcan e Candy, com medo do que poderia acontecer com eles caso não estivesse mais por perto e de possíveis quedas. Eles recebem um tratamento invejável, sempre a fazendo companhia e sua paixão por esses animais não mudou em nada.

PUBLICIDADE

Bill Fenwick, um de seus funcionário do palácio de Sandringham, possuía um cachorrinho chamado Whisper. Com o tempo a saúde de Bill foi se deteriorando e a rainha resolveu começar a levar Whisper para passear junto com ela, cuidando dele na ausência de seu dono.

Eles acabaram criando um laço muito forte e recentemente Bill veio a falecer. Muito tocada, a rainha Elizabeth resolveu pedir à família do dono de Whisper para que pudesse adotá-lo e claro, eles aceitaram.

A rainha perdeu, em outubro de 2016, Holly, de 13 anos, uma Corgi que a acompanhava há muito tempo, mas o destino reservava mais um animalzinho para Elizabeth e Whisper agora virou parte da realeza! Um gesto muito bonito de sua parte, mostrando todo o carinho pelos bichos.

Foto: Reprodução/Internet

POSTS PATROCINADOS