Quiroprático faz “milagre” ao salvar jovem que vivia há três meses com as costas curvadas


Quiropraxista salva menino
PUBLICIDADE

Enquanto extraía a raiz de uma árvore, um jovem chamado Muntathar Altaii começou a viver aquele que seria o pior momento de sua vida. O norte-americano desenvolveu um grave problema que deixou suas costas curvadas por três meses. E a dor intensa era completada por uma sensação de dormência em seus pernas.

A procura por ajuda nos Estados Unidos e em países próximos não funcionou. Muitos médicos negaram o seu caso. E sua única e última esperança estava do outro lado do mundo. Mais precisamente, na Austrália.

PUBLICIDADE

Ao chegar no país da Oceania, durante o atendimento o médico, Dr. Ian, notou que o jovem estava com uma inclinação extrema em suas costas. Com muita dificuldade, ele andava com dores e completamente curvado. E mesmo toques leves em sua pele o causam profunda sensação de incômodo. Altaii foi diagnosticado com cifose em nível extremo. Mas embora o caso fosse verdadeiramente grave, não era incurável.

Aos poucos, Ian aplicaria as correções. O tratamento seria baseado em alguns “estalos”. Ao retornar à clínica – no segundo dia – após a primeira correção, o rapaz afirmou que teve sua primeira noite bem dormida em meses. Assim que ocorreu a segunda correção, Mun pôde levantar a cabeça um pouco mais alto.

No quarto dia, com a postura um pouco mais corrigida, Altaii foi capaz de caminhar sozinho e com menos dificuldades após o médico corrigir o problema de sua sensibilidade. O sétimo dia do tratamento foi marcado por uma nova correção. Graças a ela, o jovem foi capaz de erguer ainda mais o seu corpo.

Ao final de todo o processo, que levou apenas dez dias, Muntathar foi capaz de conseguir ficar em uma posição vertical depois de meses. E sem demonstrar muitos problemas, caminhava normalmente. O pai do rapaz não segurou às lágrimas. Enfim, os dois poderiam voltar para casa com ele recuperado.

Mun, como era chamado pelo médico, afirmou que no período de maior dor e descrença chegou a desejar ter morrido. Ele não esperava que pudesse ter novamente a chance de viver uma vida normal. Mas graças a Ian, o jovem pode recomeçar.

Fonte: Express

POSTS PATROCINADOS