Policial encontra mulher grávida viciada em heroína e o que faz em seguida não dá para acreditar


Policial encontrou mulher grávida injetando heroína e decidiu fazer algo pelo bebê.
PUBLICIDADE

Muitas vezes os policiais, por mais que trabalhem para proteger a população, são vistos como pessoas frias por agirem com tanta violência em algumas situações. Entretanto nem todos são assim. Alguns realmente abusam da sua autoridade, porém não é o caso de um policial de Albuquerque. Sua história é realmente inspiradora e serve de exemplo para muitas pessoas.

No dia 23 de setembro, o policial Ryan Holets, foi investigar um caso que mudaria por completo sua vida. Quando foi chamado pela central para atender uma suspeita de assalto nas proximidades de uma loja de conveniência, Ryan não imaginou que sairia de lá com um filho. Enquanto caminhava pela região em busca dos criminosos, ele acabou encontrando um casal jogado no meio da rua. Os dois estavam injetando heroína em plena luz do dia e a vista de todos.

PUBLICIDADE

O policial então decidiu abordar o casal e quando se deparou com a mulher percebeu que ela estava grávida. Assustado com o que viu, Ryan logo deu um sermão na mulher por ela estar fazendo isso. “Você vai matar o bebê. Vai acabar com ele”, falou o policial. A jovem chamada Crystal Champ, de 35 anos, estava grávida de oito meses e era viciada em heroína desde a adolescência.

O casal foi abordado pelo policial enquanto injetavam heroína em plena luz do dia.

Champ ciente de que aquilo fazia muito mal à ela e ao bebê respondeu ao policial. “Eu sei que sou uma pessoa horrível e que a situação em que estou também é”. Em uma entrevista para a CNN, ela comentou que já havia tentado se internar inúmeras vezes mas que sempre acabava tendo recaídas. 

Uma chance para o bebê de Champ

Desesperada com a situação e preocupada com a vida do filho que estava em sua barriga, Champ fez um único pedido ao policial. Que ele adotasse a criança e que cuidasse dela. O policial Ryan, muito comovido com a situação, decidiu fazer algo que mudaria sua vida. Além de não prender o casal por porte de drogas, ele resolveu atender o pedido e adotou a criança.

O policial que já era pai de quatro filhos, acabou encarando como um presente do destino. “Deus fez com que nos encontrássemos, não tenho outra maneira de explicar isso”, afirmou Ryan. Assim que nasceu a pequena Hope Holets, já foi adotada por Ryan e agora passa por um processo de desintoxicação.

O policial agora vive bem com os seus quatro filhos mais a sua nova filha adotiva.

Pai e filha se conheceram na pior situação possível, mas o destino fez com que os dois tivessem suas vidas mudadas para melhor!

Fonte: CNN

 

 

POSTS PATROCINADOS