Policial conhece bebê abandonada pela mãe e nem imagina o que ela faria em sua vida


Policial conhece bebê e sua vida muda
PUBLICIDADE

Quando Dave Woodhouse se aposentou, havia apenas um caso que ele não conseguia tirar da sua cabeça. Era sobre uma bebê de cabelos pretos abandonada em uma caixa, embaixo de uma árvore. Doze anos depois, ele ainda se recorda disso, porque a pequena  Rachael Grace mudou sua vida completamente.

Tudo começa em maio de 2005. Quando a bebê foi encontrada, ele soube que ela estava bem e tinha sito levada para o Scarborough Grace Hospital. Por sorte, alguém a achou no local. Dave foi até o hospital para conhecer a menina. Ele contou que no momento em que colocou os olhos nela sentiu algo inexplicável.

PUBLICIDADE

O policial ficou pensando em quanto já havia sido tirado daquela garotinha. Ele olhou no seus arquivos e sequer ela tinha um nome. Então, soube que a enfermeira que a tratou se chamava Rachel. Ele decidiu chamar a bebê de Rachel Grace e colocou isso em seus arquivos. Quatro dias depois, foi transferida para um orfanato e dezenas de pessoas estavam interessadas em adotá-la.

A polícia procurou em todos os lugares pela mãe da criança, mas as câmeras de vigilância do local não mostravam nada que pudesse ajudá-los. Em um certo momento, desistiram de procurar a mulher. Dave se aposentou e se mudou para Torono, Canadá. Lá, ele teve um filho, Eamon. Ainda assim, não conseguia esquecer da história de Rachel Grace.

Policial adota crianças chinesas

Sua mulher, Denise, contou que sempre quis adotar uma criança chinesa. Inspirados pela garotinha, começaram a pesquisar sobre adoção internacional. Em 2011, eles trouxeram para casa um menino, Cameron He’Ang, em 2015, eles trouxeram para casa uma garotinha, Keave Jiang Kang – e o bebê, Rachael Grace, ajudou a fazer isso acontecer.

“Eu atribuo isso a encontrar aquela garotinha”, disse Woodhouse. “O que mais teria provocado uma conversa como essa, se não fosse por mim dizer” Geez, penso nela todos os dias “? ”

Cameron hoje tem 10 anos e Keave, 5. Ambos têm problemas médicos e passaram muito tempo em hospitais. Dave passou os últimos anos viajando para a China com outros pais adotivos através de uma organização chamada Show Hope, para se concentrar em projetos de construção na província de Henan.

Hoje, tudo o que ele sabe sobre Rachel Grace é que ela não demorou para ser adotada por uma família.

Foto: Reprodução/ Dave Woodhouse

Fonte: Msn

POSTS PATROCINADOS