Pessoas estão jogando as cinzas dos parentes mortos nas atrações de terror da Disney


PUBLICIDADE
Elas estão passando dos limites na hora de homenagear os entes queridos que partiram

Uma matéria do Wall Street Journal revelou uma prática bastante horrível que ocorre nos parques da Walt Disney da Flórida e da Califórnia.

Pelo menos uma vez por mês, alguns dos visitantes vão espalhar as cinzas cremadas dos seus entes queridos em algum lugar do parque.

PUBLICIDADE

Apesar de ser muito bizarro, essa é uma prática muito comum entre os americanos. Eles sempre fazem questão de realizar os desejos das pessoas que morreram de terem suas cinzas despejadas nos lugares que amavam quando vivas. No entanto, ninguém imagina que um lugar mágico e cheio de crianças seja o mais adequado para se fazer isso.

Aparentemente o parque ocupava um lugar especial no coração destas pessoas que partiram. E a equipe tem até um código secreto para lidar com a prática.

“O código é mantido em segredo no Walt Disney World e na Disneylândia e se chama ‘limpeza HEPA'”, conta o Journal. “Isso significa que, mais uma vez, um hóspede do parque espalhou as cinzas cremadas de um ente querido em algum lugar do parque, e um aspirador ultrafino (ou ‘HEPA’) é necessário para sugá-las.”

Contra a Lei

A prática é, obviamente, ilegal, já que parques de diversões são propriedade privada, o que significa que você precisa receber permissão do proprietário para espalhar as cinzas. Qualquer um que for pego fazendo isso em um parque temático da Disney será expulso e denunciado, embora ainda não haja relatos de prisões.

No entanto, isso não impediu as pessoas de espalharem as cinzas em algumas atrações bizarras, como a Mansão Mal-Assombrada.

Para colocar os restos mortais no parque, as pessoas usam garrafas de comprimidos vazias, sacos plásticos ou outros métodos para passar pela segurança. Se encontrar cinzas em um brinquedo, a equipe irá fechá-lo para o público até que tudo seja aspirado.

Fonte: Reprodução YouTube

“É uma maneira doce de rir e lembrar que ele está aqui … e lá … e um pouco ali … sim, lá também”, disse Caryn Reker, de Jacksonville, Flórida, que espalhou as cinzas de seu pai na Disney World em 2006.

Uma youtuber brasileira chamada, Carol Capel, também já falou em um dos seus vídeos sobre essa prática peculiar dos americanos. Ela lista 10 teorias da conspiração envolvendo a Disney e a partir dos 2 minutos do vídeo, fala sobre os restos mortais jogados na Mansão Mal-Assombrada.

Confira:

Devemos acrescentar que, embora o gesto possa ser bom para o ente querido que faleceu, essa prática realmente não é uma boa ideia. As cinzas podem causar poluição se entrarem em um suprimento de água, e é realmente muito grosseiro com as outras pessoas que entram em contato com as cinzas.

Fonte: IFLS

POSTS PATROCINADOS