Pedem para abrir a bolsa dela no aeroporto. E descobrem o que ela estava tentando esconder


PUBLICIDADE

Estamos nos afundando cada vez mais. Parece impossível ver tanta crueldade no ser humano. Um desses exemplos é o tráfico de animais. Um caso que aconteceu foi a descoberta de filhotes de chimpanzés enfiados dentro de bolsas, preparados para embarcar em aviões.

Esses bebês normalmente são levados na bagagem da cabine junto a outros passageiros. Os pequenos chimpanzés, gorilas e orangotangos são tirados de suas casas na floresta da África e da Ásia para serem levados aos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

“Para um bebê chimpanzé ser tirado do mundo selvagem, vários adultos são mortos. Nós trabalhamos em um processo que 10 adultos morrem para cada filhote retirado”, conta Doug Cress, da “Parceria de Sobrevivência de Grandes Macacos” (Great Apes Survival Partnership) ao Aljazeera.

“Pensem no Oriente Médio, onde esses animais são mantidos como pets. O animal vai crescer muito rápido. E quem quer um gorila adulto em sua sala? Então, os animais são apenas descartados”, conta Cress.

Agora foi criada uma campanha para combater o crime que está levando essas espécies em extinção.

O que a WildForLife (Selvagens pela vida) procura é um movimento global para que o tráfico de animais seja combatido de uma vez. “Isso é o mundo se unindo em uma questão que se conecta com todos nós no planeta”, conta Achim Steiner, diretora executiva da UNEP (Programa do Meio ambiente das Nações Unidas).

Beatriz Ponzio

Fotos: GRASP/CRPL, WildLife Conservation Society, GRAP/BOS Foundation

POSTS PATROCINADOS

Beatriz Ponzio

Jornalista, introspectiva, criativa, sensível, sonhadora, apaixonada por dança e pela vida.