Papa responde carta enviada por Temer e recusa visita ao Brasil


PUBLICIDADE

São muitas as pessoas que não estão satisfeitas com o governo de Michel Temer e as consequências que ele tem causado na população brasileira, principalmente nas áreas mais necessitadas. Por isso, muitas pessoas tem aconselhado o novo presidente sobre seu governo, entre elas, uma muito inesperada: o Papa Francisco.

Tudo começou com uma carta que Temer enviou ao Papa no ano passado, assim que aconteceu o processo de impeachment. O documento trazia consigo um convite formal para que Francisco visitasse o Brasil e celebrasse com o povo brasileiro os 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida.

PUBLICIDADE

Em reposta, o Papa disse que não poderia comparecer pois já estava com sua agenda cheia, mas deixou bem claro que acompanha todos os acontecimentos no Brasil e aproveitou para dar alguns conselhos ao presidente.

“Sei bem que a crise que o país enfrenta não é de simples solução, uma vez que tem raízes sócio-político-econômicas, e não corresponde à Igreja nem ao Papa dar uma receita concreta para resolver algo tão complexo. Porém não posso deixar de pensar em tantas pessoas, sobretudo nos mais pobres, que muitas vezes se veem completamente abandonados e costumam ser aqueles que pagam o preço mais amargo e dilacerante de algumas soluções fáceis e superficiais para crises que vão muito além da esfera meramente financeira”, afirma Francisco em sua carta.

Além disso, o Papa também afirmou que inclui o Brasil em suas orações e que, após inaugurar a imagem de Nossa Senhora nos jardins do Vaticano no ano passado, ele fez um pedido especial à ela, pedindo que continuasse a proteger o povo brasileiro “neste momento triste”.

Muito generosa sua atitude, você não acha? Concorda com o que ele disse em sua carta?

POSTS PATROCINADOS