Em meio a perda do filho morto em protesto, mãe é confortada ao receber carta do Papa


Papa envia carta a mãe de ativista
PUBLICIDADE

Enfrentando um momento de dor após perder o filho, o ativista argentino Santiago Maldonado, que foi morto após protestos de índios mapuche na Patagônia, a mãe do rapaz, Stella Maris Peloso, recebeu um momento de conforto proporcionado pelo papa Franscisco.

“Nestes momentos de tanta dor e tristeza, faço chegar a você a certeza de minha proximidade e minhas orações. Rezo por você e seus filhos. Que Jesus a abençoe e que a Virgem Santa cuide de você”, diz o pontífice à mulher em carta assinada “afetuosamente” por ele.

PUBLICIDADE

Em Dezembro, a família do ativista será recebida pelo papa no Vaticano. Maldonado teve o seu corpo encontrado no rio Chubut, dentro do território mapuche. E a causa de sua morte ainda é um mistério. A família acusa a polícia pela morte do rapaz.

Fonte: IstoÉ

POSTS PATROCINADOS