Pais são presos após até a polícia se assustar com um dos piores casos de abuso infantil já vistos


PUBLICIDADE

Ser pai ou mãe de primeira viagem não é um dos desafios mais fáceis. E é normal que no início da nova vida ao lado de uma criança, dúvidas e inseguranças se manifestem com frequência. Com o passar do tempo, gradativamente os pais vão se tornando mais seguros e confiantes para resolver as situações que envolvam os filhos. E se há dúvida for grande, não custa perguntar para alguém que tenha mais conhecimento, não é mesmo?

Pois bem, aparentemente, para um casal de Oklahoma, EUA, buscar a ajuda de outras pessoas estava fora de cogitação. E em meio a sua teimosia e negligência com as crianças, é de uma imensa tristeza descobrir o que acontecia com suas filhas gêmeas.

PUBLICIDADE

Quando foram encontradas pelas autoridades em dezembro do ano passado, as meninas, então com 9 meses, estavam esqueléticas. Seu peso não alcançava nem a metade do ideal para sua idade. E além disso, ambas sofriam com eczemas (inflamações na pele) por causa das fraldas sujas e feridas espalhadas pelo corpo. Elas precisavam ser levadas imediatamente ao hospital.

Para você ter uma ideia da situação, em uma das meninas foram encontradas fezes dentro do ouvido, tamanha a ausência de cuidados por parte dos pais. E a outra gêmea tinha um fio de cabelo enrolado em seu dedo, o que resultou em duas feridas. Uma das policiais comentou que esse foi o “pior caso de abuso infantil” que ela já viu.

Os problemas encontrados pelas autoridades não se resumiam às garotinhas. A casa era inabitável. Além da higiene no local ser precária, havia larvas onde as meninas brincavam e os cantos das paredes estavam cheios de fezes de gato.

Questionados a respeito das condições das crianças, a mãe, Aislyn Miller, explicou que ela e o marido não tinham experiência em cuidar de crianças, enquanto o pai, Kevin Fowler, alegou que não tinham convênio médico para pagar as despesas hospitalares das meninas. Desde que nasceram, elas nunca foram ao médico.

Como falta de conhecimento não é desculpa para arruinar a vida de duas bebês indefesas, os pais foram presos, enquanto o serviço social acolheu as meninas. Um outro familiar também foi mandado para a cadeia por ter conhecimento da situação de negligência das gêmeas e não informar a polícia. Felizmente, foi possível descobrir como as meninas viviam antes que uma tragédia ocorresse.

Fotos: Reprodução

POSTS PATROCINADOS