Pai fica chocado ao ver mulher tirando a comida que ele colocou em sua cesta de compras


PUBLICIDADE
Pai percebe mulher tirando as coisas de seu carrinho de compras com um conselho nada agradável

Você que tem um filho pequeno, já chegou a receber conselhos de completos estranhos? Seja no meio da rua, na fila do banco e até no shopping, sempre existe alguém que adoraria lhe dizer para não falar de tal forma com seu filho. Mas espera aí: o filho é seu, não é?

Recentemente, Chris McGuire, um escritor e blogueiro, compartilhou uma experiência nada legal para ele em um supermercado e conseguiu o apoio de muitos pais. “A coisa mais estranha aconteceu comigo. Eu estava em um supermercado, olhando em volta para encontrar algo para o chá do meu filho bebê”, disse. “Eu tenho vergonha de admitir isso, mas descobri que muitas vezes eu canto em público. É algo que se arrasta em você quando, como eu, você é um pai que fica em casa. Eu estava cantando ‘Twinkle-twinkle Little Star'(uma música infantil) – meu filho parece gostar de cantar, mesmo que ninguém mais o faça – quando meu carrinho de compras de repente ficou mais leve”.

PUBLICIDADE

Chris olhou em volta e viu uma senhora idosa simplesmente descarregando o conteúdo que ele tinha colocado no carrinho, enquanto ela reclamava em voz baixa. O pai, então, perguntou o mais educadamente possível o que ela estava fazendo. “‘Ele não vai gostar de nada disso’, foi a resposta que recebi. Assegurei a essa senhora que meu filho gostava regularmente da comida que ela havia roubado da minha cesta – mas, apesar disso, ela se recusou a devolvê-la. em uma situação sem vitória, então eu fiz uma saída rápida para cantar ‘Incy Wincy Spider’ no corredor de queijo”, disse.

Nada de comidinha!

E essa não é a única vez que Chris teve que lutar contra interferências não solicitadas. Em outra ocasião, em um restaurante, ele estava alimentando o filho com comida de bebê orgânica, quando um idoso, que estava em uma mesa próxima pegou o pote e disse: “O que é essa me*** que você está o alimentando?”. Chris simplesmente contou até 10 e pediu para que o senhor devolvesse a ele o frasco da comida.

É totalmente incomum estranhos interferindo na criação dos filhos de outras pessoas. Por mais que os pais não gostem disso, muitas vezes essas intrusões provenham de pessoas que estão agindo com a melhor das intenções, mas, mesmo que sejam, os resultados muitas vezes são um estresse adicional desnecessário para os pais já frágeis de crianças pequenas.

Para ser justo, as interrupções frustrantes não se limitam àquelas de idade avós. Muitos pais tiveram problemas com os membros mais jovens do público. Um pai explicou de um incidente em que ele estava em uma loja com seu filho. O bebê estava chorando – nada de anormal ali – os bebês tendem a chorar muito (até eu sei disso!). Ele se viu empurrado para fora do caminho por uma dama (de sua própria idade) que enfiou o dedo na boca da criança e proclamou: “Ele está com fome!” Ele não estava. O bebê acabara de ser alimentado. O pai ficou com um bebê cansado, além de angustiado com a chegada repentina de um dedo estranho.

As pessoas têm esse costume ainda mais quando se trata de pais com seus filhos. Mães também recebem esses “conselhos”, mas em menos quantidade do que os homens. Por isso que, sempre que você quiser ajudar de alguma forma um pai, preste atenção antes se ele realmente precisa dessa ajuda ou se está disponível para ouvir seu conselho. Quem atrapalha, não ajuda em nada.

 

Fonte: Mirror

POSTS PATROCINADOS