Pai descobriu que sofria de um câncer terminal e não descansou até encontrar um lar para o filho


PUBLICIDADE

Imagine-se na pele deste pai: Aos 40 anos e pai solteiro de um garotinho de 4, você descobre sofrer de um câncer terminal e não sabe como será o futuro de seu filho! Difícil situação, não é mesmo?

Isso foi exatamente o que aconteceu com Nick Rose. A mãe de seu filho, Logan, os deixou quando ele ainda era um bebê e Nick fez tudo para que ele crescesse saudável e em um bom lar. Mas, ele acabou descobrindo que sofria de um câncer terminal e que a doença estava se espalhando para seu pulmão e ossos.

PUBLICIDADE

Pensando no que iria acontecer com Logan, Nick resistiu o máximo que pôde, procurando uma família adotiva para o menino. Após cerca de nove meses, em 3 de janeiro, ele acabou falecendo e Logan, sendo entregue para um novo lar.“O Nick era um pai excelente. A mãe do Logan o deixou logo depois do nascimento do menino e ele fazia tudo para agradar o filho. Manteve-se forte como nunca após saber do câncer, e foi muito corajoso durante todo o processo. No final, só queria garantir que o filho tivesse uma família adotiva quando ele morresse”, contou uma amiga de Nick ao site Daily Mail.

Seus amigos ainda tiveram problemas para pagar o funeral e resolveram criar uma página para levantar os fundos e dedicar uma parte aos cuidados com Logan.Esse pai se manteve muito forte o máximo que conseguiu só para que seu filho tivesse um lar quando ele partisse. Emocionante!

Foto: Reprodução/ Rose Family/ SWNS.com

POSTS PATROCINADOS