Mulher vomita sangue em sua gravidez e descobre câncer. E ela mostra a todos o que decidiu fazer com sua vida


PUBLICIDADE

Quando uma mulher está grávida, qualquer problema de saúde é uma preocupação imensa. O amor incondicional pelo seu bebê começa no ventre, e o menor sinal de que ele pode não nascer saudável parte o coração. Foi o que aconteceu com Loan Woll, de 31 anos, que teve a pior notícia dias antes de seu parto.

Loan é de Ontario, no Canada, e estava com baixos níveis de hemoglobina em sua gravidez. Aos 8 meses de gravidez, ela vomitou coágulos de sangue, e, ao ir para o hospital, chorou ao receber a notícia de que os médicos não conseguiam encontrar pulsação cardíaca em seu bebê.

PUBLICIDADE

Woll e seu marido ainda estavam lamentando a morte do pequeno Finnick quando os médicos comunicaram que ela estava com um Linfoma não-hodgkin – um tipo de câncer, já em estágio 4, que foi a razão para a morte do bebê.

Ela se lembra do episódio com dor. “Meu bebê morreu porque quando eu estava vomitando coágulos, meu corpo entrou em modo de auto-preservação para garantir que meu sangue chegasse à parte do meu corpo que mais precisava dele – meu coração. Isso significou que o suprimento de sangue para a placenta foi desligado e, sem ela, ele morreu.”

Imediatamente, o tratamento contra o câncer foi iniciado, e ela tem esperança de estar oficialmente em remissão. Loan tem arrecadado dinheiro para instituições que apoiam pacientes com câncer, pois sente na pele o quanto a situação é difícil. “As tragédias acontecem, mas você não está sozinho”, finaliza.

Incrível força de vontade, não? Estamos felizes que Loan esteja se recuperando, e esperamos que ela esteja totalmente bem em breve – e que seja capaz de ter o filho com o qual tanto sonha. Muita força à ela!

Fotos: Daily Mail

POSTS PATROCINADOS