Mulher descobre vermes vivendo nos seus olhos. “Coloquei o dedo e puxei para fora”


PUBLICIDADE
Ela sentiu uma coceira nos olhos. Quando descobriu o que era, não pôde acreditar

Tudo aconteceu no Alaska, Estados Unidos, quando a jovem Abby Beckley de 28 anos fazia uma viagem de barco para pescar salmão.

Em uma manhã comum da viagem, a garota começou a sentir um formigamento na região dos olhos, seguido de uma coceira bastante peculiar. Apesar do incomodo, ela não deu muita atenção.

PUBLICIDADE

Quando os sintomas que se assemelhavam à uma conjuntivite persistiram, a jovem decidiu pegar um espelho e verificar o que estava acontecia com seus olhos. Foi então que ela descobriu os parasitas.

Foto: Abby Beckeley

“Eu coloquei meus dedos dentro dos olhos, como quem tira as lentes de contato, e retirei um dos vermes”, conta Abby. “Eu olhei para os meus dedos e ele continuou se movendo, foi assustador”, completa.

Foto: Abby Beckley

Segundo o parasitologista Richard Bradbury, esse tipo de parasita nunca foi encontrado em humanos antes. O nome dele é Thalazia gulosa, e vive e se reproduze nos olhos de vacas.

 

Abby contou ao Buzzfeed que acordou a sua companheira de viagem de imediato para confirmar que ela não estava ficando louca.

Nos dias seguintes, dezenas de outros vermes brancos foram retirados de seus olhos. “Eu estava vivendo com estas coisas dentro de mim, e quanto mais eu tirava, mais aparecia”, conta.

O doutor Bradburry explica que em vários casos dos animais, os parasitas atingem as córneas e causam danos maiores, o que pode causar cegueira. Por sorte, além do susto, Beckley teve apenas alguns sintomas semelhantes aos da conjuntivite.

A Thelazia entrou no organismo da menina através de outro hospedeiro. “Provavelmente uma mosca”, explica o parasitologista. A paciente afirma não possuir uma fazenda, mas morar perto de algumas, as quais faz visitas frequentes.

“Foi um evento aleatório”, diz o médico. “Não existe razão para as pessoas começarem a se preocupar com isso”, finaliza.

Thelazia Gulosa

 

Na tentativa de explicar como que os vermes se multiplicaram tão rápido, o médico brinca “é na verdade muito romântico”. Os machos produzem larvas que vivem na parte lacrimal dos olhos, e é assim que as fêmeas os encontram para fazer a reprodução.

Casos

Já foram relatados 10 casos de infecção por Thelazia nos Estados Unidos, 9 na California e 1 em Utah. Porém, todos estes foram causados por Thelazias da California.

De acordo com Rojelio Mejia, assistente de doenças infecciosas da Universidade de Baylor, não há motivos para se alarmar.”Eu acho que ela deu o azar de estar no lugar errado na hora errada”, explica.

 

POSTS PATROCINADOS