Mulher decide mimar sua cadelinha ao perceber que o dia da despedida está próximo


PUBLICIDADE

 

Ela fez de tudo para garantir que os últimos dias de sua companheira fossem os melhores

Quando temos um cachorro, ele se torna parte de nós, muitos deles crescem conosco e nós desejamos que eles ficassem do nosso lado o resto da vida.

PUBLICIDADE

Infelizmente, a expectativa de vida dos cães é muito menor do que a das pessoas. Em equivalência, para cada 10 anos humanos o cachorro tem entre 40 e 60 anos de idade canina. Isso é de partir o coração.

Foi por isso que Jamie Holt, uma jovem que passou os últimos 16 anos cuidando de sua labradora chamada, Joanie, decidiu ter uma atitude diferente nos últimos dias de sua amiga. 

Além de ser sua companheira, o nome da cadelinha foi dado por causa da mãe de Jamie, que faleceu quando ela ainda era uma criança. Isso só aumentou o vínculo das duas durante os anos.

Quando um cachorro como Joanie chega aos 16 anos, significa que ela é uma velhinha de quase 100 anos, em relação à idade humana.

Festa e dedicação

Jamie nunca foi o tipo de pessoa que faz festas de aniversários para animais, mas decidiu abrir uma excessão no que ela acreditar ser o último aniversário da labradora amarela.

“Nós passamos por muitas coisas juntas. Minha vida tem sido uma loucura nos últimos 6 anos, mas ela sempre esteve comigo. É difícil imaginar a vida sem ela”, disse.

Apesar de todo esse amor, Jamie sabe que Joanie tem muito pouco tempo de sobra. Sua saúde começou a se deteriorar nos últimos meses.

Ela está apresentando irritações na pele, deficiências renais, pneumonia e convulsionou em algumas ocasiões.

Além da festa de aniversário, a jovem decidiu que os últimos dias da peluda na terra os mais felizes e agradáveis possíveis.

“Estou gastando mais tempo com ela. Levo para tomar sol, que é uma de suas coisas favoritas”, conta Jamie.

Esses últimos dias foram muito irregulares, o que confirma para Jamie que a hora da despedida está se aproximando.

“Ela tem sido um raio de sol para a minha vida há 16 anos”, concluiu.

Sabemos que Joanie levou uma vida plena e feliz graças à dedicação e amor de sua mãe, que não teve filhos, mas disse que com seu cachorro ela aprendeu o que é ser mãe.

Esperamos que Jamie saiba como lidar com a perda de sua companheira que, sem dúvida, deixará bastante saudade.

Fonte: Zoorpreendente

 

POSTS PATROCINADOS