Mulher cega se emociona ao ver seu cão-guia pela primeira vez ao usar óculos especiais


PUBLICIDADE

Há quase vinte anos, Mary Sedgwig, de 48 anos, perdeu a visão. Em 1997, a ex-médica foi diagnosticada com neurite óptica bilateral – uma deficiência visual degenerativa caracterizada pela inflamação do nervo óptico. Mary disse que era “como assistir a um filme que estava desaparecendo lentamente”

“A melhor maneira de descrevê-lo é como [encarar] um espelho embaçado depois de um banho; para pessoas com visão, assim que enxuga o nevoeiro, elas podem enxergar com clareza, mas para mim o nevoeiro nunca desaparece”, explicou ela.

PUBLICIDADE

Em 2004, Mary acordou com muito medo certa manhã ao perceber que essa escuridão estava completa. Logo, ela caiu em depressão, incapaz de lidar com a completa perda de visão. Nos seis anos seguintes, Mary se escondeu do mundo, sentindo-se como se tivesse perdido seu propósito de vida.

Mas um dia em 2010 tudo mudou. Mary foi apresentada a um cão-guia, da raça golden retriever chamada Lucy. Os dois tornaram-se inseparáveis e Mary sentiu como se tivesse encontrado seu “significado para a vida” novamente.

E, com isso, Mary sempre se perguntava como seria seu amigo peludo. No entanto, ela nunca se permitiu acreditar que seria capaz de ver Lucy um dia. Mas avanços na medicina permitiram que Mary visse formas e cores fracas, mesmo que as coisas nunca fossem claras o suficiente para serem vistas.

“Ao longo dos últimos anos, não me permiti pensar em poder ver novamente com cores vibrantes e clareza, porque acredito que não seria mais possível”, disse ela. “Ao mesmo tempo, sempre havia uma semente dentro de mim que nunca havia perdido a esperança.”

E neste ano, essa pequena semente de esperança floresceu. Um dos amigos de Mary entrou em contato com a eSight, uma empresa que cria óculos revolucionários para ajudar deficientes visuais. “Os óculos abrigam uma câmera de alta velocidade e alta definição que captura tudo o que você está olhando e a mostra em duas telas próximas ao olho”, diz a página de Mary na eSight. “Algoritmos médicos melhoram a metragem para que você possa ver em tempo real.”

Embora Mary estivesse relutante no início, ela decidiu experimentar os óculos. Com Lucy ao seu lado, ela o colocou e parte de sua visão foi restaurada. Olhando para seu amado cão-guia e vendo-a pela primeira vez, Mary desmoronou em lágrimas. “No momento em que olhei para baixo para ver os olhos lindos e cheios de alma de Lucy, [eu sabia] que minha vida iria mudar em medidas drásticas”, ela disse. “A sensação do meu cérebro disparar sinais depois de anos de silêncio foi realmente alucinante.”

“Eu não fui capaz de controlar a enxurrada de lágrimas e todo o meu corpo estava tremendo – eu explodi de alegria ao vislumbrar o quanto minha vida poderia mudar. Tendo o eSight me permitiu ver o amor nos olhos de Lucy e isso foi uma bênção e um presente que eu sempre aprecio”, disse.

Mary agora está arrecadando fundos para comprar um par de óculos eSight. “Cada momento desde que experimentei os óculos foi uma luta, já que sei o quanto eles poderiam mudar minha vida e permitir que eu até exercesse novamente a medicina”, disse ela.

Veja o vídeo:

 

Quando Mary atingir sua meta de arrecadação de fundos de US $ 9.995, ela espera começar a arrecadação de fundos para também levar esperança a outras pessoas como ela.

 

Fonte: Liftable

POSTS PATROCINADOS