Menino fica entre a vida e a morte após sua mãe lhe dar um remédio que todo mundo tem em casa


Mãe dá remédio para o filho e quase o mata
PUBLICIDADE

Atenção! A matéria contém algumas imagens que podem incomodar pessoas mais sensíveis

Inúmeros médicos e outros especialistas na área de saúde alertam para os perigos da automedicação. Além disso, muitas mães também têm os costume de dar remédio para os filhos em casa, sem passá-los em um médico. O caso de Mandy Smith e seu filho, Zachary, são um grande exemplo de como essa atitude pode ser perigosa e prejudicial.

PUBLICIDADE

Menino desenvolve grave síndrome após tomar remédio

Em 2014, ela recebeu uma ligação da escola do menino avisando que ele não estava bem. Ao buscá-lo, percebeu que realmente havia algo de errado com o filho. Seu rosto estava estranho e parecia que ele estava com uma alergia por todo o corpo. Já em casa, Mandy aplicou uma pomada na criança, Zachary não melhorou e decidiu levá-lo ao hospital.

Menino desenvolve grave síndrome após tomar remédio

Descobre grave síndrome:

No primeiro momento, os médicos não conseguiram descobrir o que o menino tinha. Resolveram dar antibióticos no caso de se tratar de uma infecção. Mas ele só piorava e as obstruções em sua pele ficavam cada vez mais severas, com rachaduras nos lábios. Foi quando uma suspeita de uma das enfermeiras se confirmou: ele tinha a síndrome de Stevens-Johnson. A doença é uma grave reação alérgica que causa lesão da pele, olhos e mucosas. Se não tratada a tempo pode ser letal.

Menino desenvolve grave síndrome após tomar remédio

Ela costuma aparecer como reação a algum remédio específico. No caso de Zachary, foram alguns comprimidos com alta dose de paracetamol que sua mãe tinha dado para enxaqueca e febre na noite anterior. Rapidamente a situação dele se agravou e para remover a pele morta de seu corpo, os médicos decidiram induzi-lo ao coma, depois que eles envolveram seu corpo com um substituto de pele artificial para seu organismo gerar uma pele nova.

Menino desenvolve grave síndrome após tomar remédio

Como um milagre, após um mês no hospital, o menino se recuperou sem sequelas. Mas, seu caso deixa o alerta para a automedicação em casa, sem consultas com médicos. Ainda mais com crianças, é importante ficar muito atento!

Foto: Reprodução/ Internet

Fonte: Buena Mente

POSTS PATROCINADOS