Menina de oito anos cai em lágrimas ao ajudar no parto da irmã após mãe sofrer abortos


Menina ajuda mãe no parto
PUBLICIDADE

Com apenas 3 anos, a pequena Brooke foi surpreendida pelos pais com a imagem de um ultrassom. Eles explicaram que em nove meses, ela teria uma irmãzinha. Resolveram fazer um ensaio fotográfico com a menina, segurando uma plaquinha com os dizeres:  “Eu vou ser uma grande irmã!”

Eles contaram para toda a família a novidade. Estavam radiantes. Mas, pouco depois, Kelsey acabou perdendo o bebê. Foi um choque, principalmente para a pequena Brooke, que não conseguia entender o que estava acontecendo. A mãe explicou de um jeito que a pequena absorvesse. Nos próximos quatro anos, Kelsey sofreu mais dois abortos espontâneos. Ela decidiu não contar para a menina, para que ela não sofresse novamente.

PUBLICIDADE

Menina ajuda mãe no parto

Em 2015, descobriram que esperavam outro bebê. Com a gravidez avançada, contou para Brooke. Explicou como seria o parto e a pequena tomou uma decisão:

“Ela decidiu ficar na sala conosco enquanto a irmã Ellie nascia no dia 3 de janeiro de 2016. Seu vínculo como irmã era imediatamente único!”, disse a mãe. Já em 2017, uma surpresa incrível! Mais um bebê a caminho. Mais uma menina! A pequena se chamaria Summer Tatum. Novamente, Brooke quis assistir ao parto, mas dessa vez sua mãe teve uma ideia: deixaria que ela cortasse o cordão umbilical. Depois de uma reunião com sua parteira, a menina descobriu que poderia até segurar e ajudar no parto da bebê!

Menina ajuda mãe no parto

Ajuda no parto da segunda irmã:

A mãe a preparou, instruindo-a sobre tudo o que precisava saber para o momento.  “Trabalhei por 36 horas do início ao fim. Brooke me ajudou muito! Ela massageou meus pés, esfregou minha cabeça, dançamos juntos ao ritmo dos batimentos cardíacos do bebê no monitor … Nós nos divertimos e ela foi tão útil e doce o tempo todo.”, lembra Kelsey.

Menina ajuda mãe no parto

Menina ajuda mãe no parto

“Quando chegou a hora de empurrar, tudo aconteceu muito rápido! Brooke estava ao lado de seu pai aos meus pés, observando com pura felicidade e espanto! Você pode ver o amor irresistível em seu rosto. Ela tocou a cabeça do bebê enquanto ela coroava e riu um pouco.”, continuou. Todos estavam encantados com o desempenho de Brooke, que logo segurou a criança ao nascer. Depois de olhar seu rostinho, sua reação foi chorar. De alegria ao ver como a irmã era perfeita. Muito fofa, não é?

Menina ajuda mãe no parto

Ao ser perguntada sobre a experiência, Brooke disse que aprendeu muito e que quer ser parteira! Lindo ver que com apenas 8 anos ela já tem uma visão incrível sobre a vida e um amor imenso pelas irmãzinhas.

Foto: Reprodução/ Facebook

Fonte: Love What Matters 

POSTS PATROCINADOS