Menina com câncer se torna um milagre ao andar quando todos diziam que era impossível


Menina com câncer se torna quase um milagre ao andar quando todos diziam que era impossível.
PUBLICIDADE
Exemplo de inspiração e fé

A pequena Zéa Lane foi diagnosticada com câncer no estágio quatro quando tinha apenas 3 meses de idade. Desde então, devido à doença e ao tratamento, a menina não conseguiu ter uma vida normal, fazer amigos e frequentar a escola, coisas que na sua idade são importantes para o desenvolvimento da auto-estima e da inteligência social.

Isso não passou despercebido, pois, agora com 2 anos, Zéa está ciente de que ela não é como outras crianças. Chegou mesmo a fazer comentários tão desanimadores como: “Meus pés estão quebrados, mãe”. Fazendo com que seus pais caíssem em lágrimas.

PUBLICIDADE

No entanto, com a ajuda de sua família, seus médicos e vários fisioterapeutas, a pequena Zéa aprendeu a caminhar refutando todos os prognósticos médicos. Os exames asseguravam que, devido a câncer, Zéa nunca poderia andar ou se mover sozinha.

Zéa tinha apenas dois meses quando foi diagnosticada com câncer raro.

 

“Os tumores estavam comprimindo a coluna vertebral e a desviaram até o ponto em que eles temiam que ela estivesse completamente paralisada, para a vida”, lembra a mãe. Com lágrimas nos olhos ela recordou como sua bebê estava sedada enquanto tinham que decidir entre realizar uma operação para remover o tumor principal ou iniciar a quimioterapia imediatamente. A cirurgia deixou a menina paralisada desde o peito, mas um milagre maravilhoso aconteceu.

Contrariando os médicos, aos poucos ela foi dando os primeiros passos. Não foi nada fácil chegar até esse ponto, entretanto a vontade de Zéa era tanta que ela fez o “impossível”. A pequena de apenas dois anos virou um símbolo de fé e determinação. Não podemos desistir das coisas, mesmo que todos digam que você não pode.

Agora ela tenta superar outras dificuldades impostas pela paralisia. Essa grande conquista fez com que ela ficasse com mais força ainda para continuar seguindo com o tratamento.

Fonte: Viralistas

 

 

 

 

POSTS PATROCINADOS