Maitê Proença fala sobre ter sido desligada da TV Globo em 2016. “Foi um choque”


PUBLICIDADE
A atriz foi afastada após 40 anos de parceria com o canal

A situação das mulheres no mundo do entretenimento é um tema recorrente na mídia. Diferença de salários em relação aos homens, assédio e idade em que a indústria define como limite para elas são vistos agora sob uma nova luz.

Foi sobre isso que Maitê Proença falou um pouco em sua entrevista para a Folha de São Paulo.

PUBLICIDADE

Maitê foi desligada da Rede Globo no ano de 2016, e apesar de dizer que era uma coisa que ela esperava, também comenta como foi um choque sair de um lugar que entrou com 20 anos de idade. “Ser demitida é uma tristeza. Eles [Globo] estão no direito deles. Não gosto de entrar num lugar com 20 e ser expelida aos 60. Ninguém gosta disso”, comenta a atriz.

Maitê a esquerda na novela ‘As três Marias’, a direita atualmente

Segundo Proença, um ator pode trabalhar até os 90 ou 100 anos, enquanto a maioria das atrizes tem de lidar com um certo prazo de validade que a televisão e o cinema determinam para ela. “Fiz uma carreira maravilhosa e não vou ficar me sentindo uma pobre coitada. Se usaram desse recurso baixo, eu tive que contornar. Os percalços melhoram a gente, infelizmente”, comentou.

A atriz brinca em suas redes sobre esperar a Globo a chamar para trabalhos
Foto: Facebook Maitê Proença

Vale lembrar que a atriz ainda pode participar de novelas e programas da emissora através do recurso de contratação por obra.

Vida

Maitê construiu uma incrível carreira enquanto passava por momentos turbulentos em sua vida pessoal. Sua história mais parece um roteiro de filme.

Aos 12 anos de idade ela presenciou o assassinato da mãe, Margo Proença, pelas mãos do próprio pai, Carlos Eduardo Gallo.

Maitê e Margo
Foto: Terra

O pai, que esfaqueou a esposa, foi absolvido duas vezes, inclusive com o depoimento da filha, que tinha medo que o patriarca cometesse suicídio.

Ele se casou de novo, mas não demorou muito para que fosse internado em um manicômio.“Eu perguntei a ele porque não atirou em minha mãe e ele disse que a faca era uma extensão do corpo dele”, lembra a atriz.

Em 1989 o medo dela se tornou realidade e o pai se suicidou.

Apesar de ter lidado com a situação com bastante força e coragem, seus dois irmãos não tiveram a mesma sorte, e acabaram se envolvendo com drogas e alcoolismo. Um deles faleceu por causa do consumo de tóxicos.

Maitê Proença faz parte da história da televisão brasileira e torcemos para que ela volte a nos encantar pelas telas.

POSTS PATROCINADOS