Mãe de 2 filhos com Síndrome de Down relata a rotina de quem convive com a doença


Mãe fala sobre rotina ao lado dos filhos com Down
PUBLICIDADE

A Síndrome de Down ou trissomia do 21 é uma alteração genética caracterizada por problemas no desenvolvimento corporal e cognitivo, além de causar deficiência intelectual em diferentes graus. Por mais incrível que possa parecer, ainda há muito preconceito relacionado a doença, em especial pela falta de conhecimento.

Por isso, é importante trabalhar a conscientização social e debater as questões de inclusão. Com isso, o Dia Internacional da Síndrome de Down, celebrado hoje (21), é essencial. Rosana Araújo, de 53 anos, moradora de Santos, São Paulo, é um exemplo de quem lida diariamente com essa realidade: Seu filho mais velho, Vicente, de 30 anos, foi adotado e tem Síndrome de Down, assim como João Lucas, de 28, filho biológico. João Matheus, de 17 anos, tem paralisia cerebral. Além das alegrias e dificuldades em casa, há sempre os olhares curiosos para os filhos das pessoas nas ruas.

PUBLICIDADE

Mãe fala sobre rotina ao lado dos filhos com Down

Quando João Lucas nasceu, foi um baque, como Rosana conta ao G1. Na época, não havia muita informação sobre a Síndrome de Down e era um caminho ainda desconhecido. Mas, o amor pelo filho era muito mais forte do que o medo do que viria pela frente: “A enfermeira trouxe o meu filho e eu o coloquei na cama. Olhei cada detalhe. Peguei no colo e aquele momento, se eu viver 200 anos, o sentimento vai comigo para a eternidade. Era tanto amor, uma luz tão forte. Foi mágico, todos os pensamentos ruins ficaram para trás”, lembra.

Mãe fala sobre rotina ao lado dos filhos com Down

Amizade transformadora:

Com o tempo, alguns problemas de saúde foram surgindo, mas a amizade entre João e Vicente, ainda vizinho da família, ajudou a superá-los. Somente após a morte da mãe de Vicente é que começou a luta de Rosana para adotá-lo. Somente em 2013, quando o jovem tinha 23 anos, é que ela conseguiu o direito de tê-lo finalmente em casa.

“Muitas vezes as pessoas não entendem, mas não fui eu que ajudei ele, ele que me ajudou. Vicente sempre foi muito bonzinho e estimulava o Lucas a ser também. Eles me ajudavam e o Vicente acalmava o Lucas. Ele é um exemplo muito bom”,  revela Rosana.

Mãe fala sobre rotina ao lado dos filhos com Down

Todas as experiências vivenciadas e as lutas diárias serviram de inspiração para que Rosana escrevesse um livro. ‘Hoje… Só Gratidão’, é onde a mãe relata sua convivência com os filhos. la com gestos. É feliz e bem resolvido. Todos perguntam como eu lidei com tudo isso: dois Downs e um cadeirante. Eu não poderia mudar as condições de nenhum deles, então escolhi conviver da melhor forma possível e proporcionar o desenvolvimento”, conta.

Mãe fala sobre rotina ao lado dos filhos com Down

Para ela, o importante é o respeito que as outras pessoas têm com o filho. É impossível ver a história de Rosana e não se inspirar pelo menos um pouco a fazer a diferença e dar seu melhor para o próximo.

Foto: Reprodução/ Arquivo Pessoal

Fonte: G1

POSTS PATROCINADOS