Mãe compra caixão para enterrar o filho ao nascer. Mas ao pegá-lo nas mãos, vê algo que não tinha enxergado antes


PUBLICIDADE

Médicos, enfermeiras e até os pais, Dustin e Sierra, tinham certeza de que Bentley morreria assim que nascesse. As enfermeiras não se incomodaram em limpar o recém-nascido, pesá-lo ou remover o fluído de sua garganta. Sierra e Dustin não tinham comprado suprimentos para o bebê, apenas um único caixão para enterrá-lo com dignidade.

Não havia a menor possibilidade do pequeno sobreviver. Mesmo assim, o casal recusou o aborto oferecido pelos médicos e desejou ter o bebê. “Ele era perfeito”, disse Sierra Yoder ao The Telegraph. “Realmente não importava quanto tempo tínhamos. Estávamos muito gratos por podermos segurá-lo”.

PUBLICIDADE

Bentley nasceu com encefalocele, no qual o cérebro cresce fora do crânio. Assim que o pegou em mãos, Sierra foi tomada por um sentimento de esperança que parecia dizer a ela para não desistir e lutar até o fim pela vida de seu filho. E foi o que ela fez.

O casal procurou ajuda no Boston Children’s Hospital e, após semanas de espera, Bentley foi operado.

O resultado da cirurgia, delicada e de risco, superou qualquer expectativa.

“Ele terá uma vida gratificante. Nós apenas temos que dar um passo de cada vez”.

Assista a este emocionante vídeo:

Bentley se recupera em casa e sabe que terá uma longa jornada pela frente. Ele é apenas um bebê, mas sua história de vida tem sido uma inspiração para muita gente.

Fotos: Reprodução / Google

POSTS PATROCINADOS