Homem é condenado por se recusar a pagar tratamento de seus cães doentes


tratamento homem demitido cães
Após perder o emprego, homem descontou as consequências disso em seus dois cães totalmente doentes se recusando a levá-los ao veterinário.
PUBLICIDADE

As imagens fortes a seguir nos faz pensar o quanto um ser humano é insensível e egoísta diante dos problemas alheios. Yodel Peter Robinson, 46 anos, é um motorista, que foi demitido após dormir no volante e quem sofreu as consequências disso foram seus cães.

A cadelinha Molly teve um problema de pele gravíssimo, mas Yodel apenas tratou com um dos cremes de sua filha. Ivy, outra cadelinha, não conseguia mais andar após um câncer e seu tutor o tratava com paracetamol doméstico, pois se recusava a pagar um tratamento.

PUBLICIDADE

Os dois animais ficaram severamente desnutridos e apenas resgatados quando a própria filha do motorista o acusar de “chutar Ivy no estômago e arrastá-la para fora depois de sujar o chão da cozinha”.

Infelizmente, o tumor de Ivy em seu baço a deixava com muita dor, então teve de ser eutanasiada. Já Molly está se recuperando e atendida por veterinários do grupo de resgate a cães maltratados. 

Yodel foi preso por 14 meses por crimes de crueldade animal. Seu advogado afirmou que o homem gostaria de ter Molly de volta e que não havia cometido crime algum, pois ambos os cachorros estavam doentes há muito tempo. Ele também frisou que o motorista tem mais um outro cachorro e dois gatos que são extremamente bem cuidados.

O motivo para esse tipo de tratamento com remédios humanos foi que, por ter sido demitido, Yodel não tinha condições de levar seus cachorros a uma clínica veterinária. A juíza do caso negou o pedido do homem e Molly continuará no grupo de resgate.

Nesses casos, pensamos o quanto pessoas que não têm posse nenhuma, como moradores de rua, dão tudo de si para salvarem seu cãozinho doente. A atitude de Yodel foi de pura negligência e falta de empatia com os animais. Quem ama, sempre dá um jeito, não acha?

Fonte: Daily Mail

POSTS PATROCINADOS