PUBLICIDADE

Ao longo de nossas vidas passamos por diversas mudanças em nosso organismo. Contudo, nem sempre as mudanças são positivas. Quem nunca precisou fazer as amigdalas, por exemplo? Uma cirurgia de apendicite acaba por ser um tanto comum, mas com certeza ninguém espera encontrar algo peculiar, como foi esse caro.

No Japão, uma jovem de apenas 16 anos precisou fazer com urgência a cirurgia de apendicite. O problema, porém, foi o que de fato os médicos encontraram. A gravidade da situação estava além de um apêndice inflamado: Havia um tumor com um pedaço de cérebro na menina.

O tumor tinha 10 centímetros, composto pela massa de pelo enrolado e uma estrutura cerebral de 3 centímetros, enrolada por uma placa de osso craniano. Quando analisada, percebeu-se que se tratava de uma versão menor de um cerebelo.

No caso de um tumor como esse que tem pelos, gordura, osso, cartilagem, músculos e até dentes é chamado de teratoma. Por incrível que pareça, teratomas nos ovários são comuns - cerca de um em cada cinco. Porém, já existiram casos de mulheres que sofreram confusão, agitação, perda de memória e pensamentos um tanto paranoicos.

A garota não apresentava sintoma algum sobre o tumor, mas foi retirado sem nenhuma complicação durante a cirurgia. A recuperação também foi estável.

A causa é desconhecida, mas a única coisa que sabem é que este tumor é resultado de células que deveriam ter se tornado óvulos, mas continuam tentando se transformar em um feto mesmo sem haver nenhum tipo de fertilização.

Em outro caso parecido que aconteceu no ano de 2003, uma mulher de 25 anos teve extraído um tumor com órgãos, cabeça, corpo, glândula tireoide e até um pequeno pênis.

Estranho, não é? O que você acha desse tipo de tumor? Conhece algum caso semelhante? Não deixe de comentar conosco em nossas redes sociais!

Foto: Reprodução / Masayuki Shintaku

PUBLICIDADE