Há quatro anos, Gabriel Jesus pintava a rua para a Copa, hoje é o camisa 9 da seleção


PUBLICIDADE
Camisa 9 da seleção prova que sonhos sempre podem ser realizados ao lembrar sua infância

Ano de Copa do Mundo é sempre igual: o Brasil se junta em uma só voz para gritar, torcer, chorar e se emocionar com a seleção em campo. No meio de tanta gente vestida de verde e amarelo, há sempre aqueles garotos que têm o sonho de um dia representar o seu país na frente do mundo inteiro. Eles assistem aos jogos quietinhos, prestando atenção a cada movimento, rezam para ver seu time vencer e até mesmo pintam as ruas com as cores da nossa bandeira.

Ser brasileiro, por mais difícil que seja, é um orgulho. E, dentre todos esses garotos, em 2014 estava Gabriel Jesus. No ano que choramos ao ver o Brasil perder de 7×1, o jovem de 17 anos na época pintava as ruas do seu bairro, Jardim Peri, na zona norte de São Paulo. Naquela época, ele atuava pela base do Palmeiras e, em seu momento de folga, foi fotografado descalço e dando cores para as calçadas em homenagem ao Brasil.

PUBLICIDADE

Já queria participar da Copa do Mundo e tinha postado a foto em seu Instagram com a hashtag “sempre fui sonhador”. E esse sonho se tornou tão realidade que quatro anos depois ele foi convocado para a seleção brasileira e ainda ganhou a vaga de camisa 9 da seleção. Gabriel descreve aquele momento como “sonho de criança”. Hoje, ele estampa a ilustração também no mesmo bairro.

Quem acredita sempre alcança, não é?

 

Fonte: Estadão

POSTS PATROCINADOS