Grávida é encontrada morta em rio. E todos se assustam ao verem o que haviam feito com o bebê


PUBLICIDADE

Um mistério que deixou todos perplexos e, claro, tristes e desesperados. A questão envolve uma mulher de 22 anos, Savanna Lafontaine-Greywind, grávida de oito meses.

Tudo estava correndo bem com a gestação até que um dia ela decidiu ir até a casa dos vizinhos para continuar com um projeto de costura e as coisas simplesmente mudaram tragicamente.

PUBLICIDADE

A jovem só havia subido para o apartamento de Brooke Lynn Crews e William Henry Hoehn com a intenção de ganhar 20 dólares para provar um vestido em processo de criação, por Crews. Pouco antes disso, segundo a mãe, Norberta, ela pediu uma pizza antes de ir e não teria levado a carteira. Isso indicava que logo voltaria.

Porém, após perceber a demora, a mãe teria ido bater na porta da vizinha e descobriu que a filha já havia ido embora. “Soube de imediato que alguma coisa estava errada porque seu carro continuava estacionado diante da casa. Estava grávida de oito meses e tinha os pés inchados, não iria passear. Tinha uma pizza em casa que ainda não havia comido”, disse ela.

Infelizmente, oito dias depois, seu corpo foi encontrado dentro de um saco plástico, pendurado em um tronco, perto de um rio em Dakota do Norte. Seu filho? Acredite se quiser, foi encontrado na casa dos vizinhos, após revistarem-na quatro vezes. Por conta disso, eles foram presos por delitos de conspiração para matar, para sequestrar e informações falsas.

Segundo suspeitas, o caso relatado seria o de um sequestro fetal onde eles teriam forçado Savanna a dar à luz ou mesmo teriam extraído a criança à força.

O pai não poderia estar mais sem reação. “A única coisa que queria era uma vida com Savanna e meu bebê. Me roubaram tudo”, disse.

Nossos corações estão ao lado deles neste momento.

Fotos: Reprodução/AP.

POSTS PATROCINADOS

Beatriz Ponzio

Jornalista, introspectiva, criativa, sensível, sonhadora, apaixonada por dança e pela vida.