Cadela e 2 gatinhos de um olho só formam uma família que sempre tem amor para mais um


PUBLICIDADE

Há quatro anos, Kelly H., que já era dona da cadelinha Suzie de 8 anos, foi a um abrigo local para ver se poderia dar um lar temporário a um cachorro. O local não tinha nenhum na época, mas tinha alguns gatinhos de 4 semanas de vida que precisavam de amor até encontrarem um dono que os amasse.

Preocupada com o fato de Suzie não aceitá-los, Kelly hesitantemente os levou para casa – foi então que a surpresa começou! “Descobri que ela [Suzie] era incrível com os gatinhos. Então eu continuava os trazendo para casa (ainda muito convencida de que nunca adotaria um sozinha). Então Kushi apareceu”, disse Kelly ao Love Meow.

PUBLICIDADE

Kushi imediatamente gostou de sua nova amiga canina. O gatinho lambia o rosto de Suzie e adorava se aconchegar no corpo quentinho da cadelinha. O felino tinha um olho infectado, que mais tarde foi removido. Kelly cuidou dele depois de receber tratamento e passar por uma cirurgia.

“Todo o tempo eu estava tentando me convencer que eu não poderia mantê-lo, mas ele e Suzie eram uma boa dupla. A maioria dos meus gatos gostam muito de Suzie, mas ele a amava em um nível completamente diferente e ela realmente o amava”, disse.

“No segundo que começamos a procurar uma família para ele, percebi que não podia deixá-lo ir, então ele ficou”. A partir desse dia, Kushi uniu forças com Suzie para ajudar os gatinhos adotivos que sua mãe humana trazia para casa temporariamente. “Kushi começou a me ajudar a criar gatinhos adotivos e ele realmente gostou”, disse Kelly.

O primeiro gatinho adotivo, Shawn, teve problemas de visão. Kushi parecia simpatizar com ele e ficava sempre ao seu lado o fazendo companhia. “Kushi era tão bom com ele. Ele realmente se ligou com alguns gatinhos em particular, mas eles já tinham casas reservadas. Eu poderia dizer que ele ficava um pouco triste quando eles se iam, então eu decidi então que ele precisava de um amigo para ele”, disse.

Então, quando Kelly ouviu falar sobre uma gata cega, Sunny, ela imediatamente ofereceu-se para levá-la, pensando que a gatinha poderia ser uma boa amiga para Kushi. E, para completar, não demorou muito para Sunny se apaixonar por sua amiga canina, Suzie, também. Agora, cada vez que Kelly traz novos animais para casa, o trio se junta para recebê-los e oferecer-lhes ajuda de diferentes maneiras.

“Suzie tende a assumir o papel do protetora. Ela fica tão preocupada quando os gatinhos choram. Ela até foi uma grande ajuda para domesticar gatinhos selvagens no passado”, disse Kelly orgulhosa. “Ela também se comporta de forma muito diferente em torno de diferentes gatos. Quando ela conhece um animal muito nervoso, ela se move muito devagar para não assustá-los, e apenas tenta se tornar não ameaçadora o máximo possível. É muito doce”.

Enquanto Suzie ajuda a acalmar os gatinhos, Kushi os lava, mantendo-os limpos. Assim como Suzie, ele aparece correndo sempre que ouve um grito de algum gatinho. “Ele será o primeiro a receber um novo adotante, mesmo que seja um grande cão grande. Ele adora limpar fucinhos e rostos, especialmente depois da hora das refeições”, afirma Kelly.

Sunny, a caçula dos três, está seguindo os mesmos passos de seus irmãos. “Uma vez que ela não consegue ver, os cheiros novos a deixam um pouco nervosa, mas ela geralmente se acostuma com eles em alguns dias”, disse. “Ela brinca com os gatinhos e me ajuda a socializá-los. Ela realmente é apenas uma gatinha de grande coração”.

Muitos gatinhos e até mesmo filhotes encontraram amor e confiança através destes três amigos peludos. Mesmo os gatinhos mais tímidos acabaram ronronando e se aconchegando em seus braços. Juntos, o trio faz uma ótima equipe, ajudando gatinhos e cachorros com necessidade.

 

Fonte: Love Meow

POSTS PATROCINADOS