Uso contínuo de fones de ouvido pode causar cravos na orelha. Médicos fazem um duro alerta


Cravo na orelha
PUBLICIDADE

Muitas pessoas não sabem, mas os cravos que tanto nos perturbam podem aparecer em lugares ainda mais inconvenientes do que os que estamos acostumados. Você sabia, por exemplo, que eles podem surgir em sua orelha ou em seu ouvido? E, acredite, você não vai querer que eles apareçam por lá.

Nas regiões citadas, muitos fatores contribuem para o seu surgimento. Eles vão desde a falta de higienização na área até mesmo o uso constante de fones de ouvido (que, em muitas situações, também não costumam ser higienizados). A falta de uma rotina constante de limpeza nas orelhas contribui fortemente para o surgimento deles.

PUBLICIDADE

A região dos nossos ouvidos contém muitas das glândulas sebáceas semelhantes às que temos em torno do nariz e nas bochechas. E quando elas secretam uma determinada quantidade de óleo, isso favorece o surgimento de cravos.

A recomendação é bastante simples: crie o hábito de higienizar diariamente a região das orelhas. E tome muito cuidado com o uso repetitivo e constante de objetos como o fone de ouvido e até mesmo como brincos ou alargadores. Tenha em mente que cada um deles necessita de uma higienização própria.

Foto: Reprodução

Clicando aqui, você confere um vídeo que mostra um caso em que a ação dos cravos “passou um pouco do limite”.  O conteúdo não é nem um pouco recomendado a pessoas mais sensíveis. Mas serve como um forte alerta a quem anda deixado os ouvidos de lado na hora do banho.

Fique sempre atento!

POSTS PATROCINADOS