Fique atenta! Síndrome causada por absorventes internos pode causar danos graves


PUBLICIDADE
Síndrome causada por absorventes internos pode levar a morte

Tudo começou em 2017, quando a modelo Lauren Wasser, de 29 anos, anunciou que teria que amputar uma de suas pernas por causa de uma doença chamada, Síndrome de Choque Tóxico. O que mais assustou as pessoas, foi saber que isso foi causado por causa de um absorvente interno.

Desde então, a Anvisa exige que coletores menstruais tragam na embalagem um alerta para a síndrome.

PUBLICIDADE

De acordo com a jovem, sua saga começou com um simples resfriado. A situação ficou mais intensa quando a modelo teve que ser internada e acabou tendo uma parada cardíaca.

Lauren entrou em coma e as complicações levaram a equipe médica a optar pela amputação e retirada do membro danificado durante o processo.

Confira o Instagram da modelo:

💙

A post shared by Lauren Wasser (@theimpossiblemuse) on

A doença

Essa situação foi causada pela síndrome de choque tóxico, uma doença rara e potencialmente fatal de certas infecções bacterianas. Ela é causada pelo Staphylococcus Auereus e os sintomas podem incluir febre, queda de pressão, vômito e diarreia.

Também é possível sentir tontura, sofrer desmaios e ter dificuldade para respirar. O estágio mais avançado pode causar falência múltipla de órgãos.

“Metade dos casos [de síndrome] são ligados a coletores e absorventes internos e os outros 50% ligados à infecção de pele, pós operatório ou de qualquer cirurgia”, explica o ginecologista e obstetra Nuno Nunes.

Como evitar?
  • Cheque na embalagem do tampão/coletor quanto tempo se recomenda para fazer a troca;
  • Compre produtos de acordo com o seu ciclo;
  • Lave bem as mãos antes colocar o absorvente interno;
  • Alternar entre absorvente interno e externo. Dê preferência ao modelo externo na hora de dormir. Se for necessário o de uso interno, é necessário retirá-lo assim que acordar;
  • Apresentou sintomas relacionados à síndrome? Retire o coletor ou o absorvente interno na mesma hora e vá para o hospital.

Por isso, redobre a atenção na hora de escolher e utilizar os seus absorventes internos e coletores menstruais.

Fonte: UOL

POSTS PATROCINADOS