Filho de doméstica é aprovado em medicina na USP e seu próximo passo é Harvard


PUBLICIDADE

Aos 19 anos, Rafael José da Silva é um exemplo de superação. Filho de pai pedreiro e mãe empregada doméstica, o jovem de Santa Catarina superou uma realidade humilde para alçar voos maiores. E sem ter a educação de uma escola particular ou o auxílio de um cursinho, ele foi aprovado para cursar medicina na USP, missão que poucos têm sucesso.

Prestes a completar o segundo ano de faculdade, o estudante foi agraciado com uma nova conquista. Rafael conseguiu uma bolsa de estudos em Harvard, uma das principais universidades dos Estados Unidos. Contudo, o estágio não é remunerado. Arcar com todos os gastos que vão desde o transporte até a alimentação giram na casa dos 50 mil reais. Muito para alguém de realidade tão humilde.

PUBLICIDADE

Em busca de uma alternativa para conseguir o valor, o jovem decidiu criar uma campanha de financiamento coletivo. E ao contar a sua história, não imaginou que tantas pessoas iriam colaborar com a sua causa. “Decidi fazer um financiamento coletivo no Catarse. (…) Não imaginaria que daria resultado em tão pouco tempo”, comentou o jovem à Veja. Houve, inclusive, quem colaborasse com doações na casa dos R$ 1 mil. Assim, a meta de R$ 50 mil foi batida e a contribuição já beira os R$ 87 mil. Vale ressaltar que a renda familiar da família de Rafael está na casa de 2,5 salários mínimos, o que torna cada um dos auxílios ainda mais consideráveis.

Apesar de ainda não saber qual especialização seguir, sua intenção passa pelas áreas de cardiologia e cirurgia.

Esperamos que Rafael tenha todo o sucesso do mundo em sua empreitada! Um inspirador exemplo a ser seguido.

Foto: Veja / Reprodução
Fonte: Veja

POSTS PATROCINADOS