Ex-drogado, Macaulay Culkin revela todas as agressões que sofreu do pai. E as cicatrizes comprovam o pior


PUBLICIDADE
O ator ainda revelou que houve uma grande disputa dos pais pela sua fortuna de Hollywood

A entrevista foi ao ar no podcast do comediante Marc Maron, chamado WTF.

Dentre outros assunto, Macaulay falou de todo abuso emocional e físico que sofreu de seu pai, Kit Culkin, quando era um ator mirim.

PUBLICIDADE

“Ele é um homem mal”, desabafa Culkin.

Segundo ele, o pai o agredia sempre que o garoto não fazia o que ele queria. “Posso mostrar as cicatrizes”, conta.

Macaulay Culkin no filme “Party Monster”

Depois de fazer filmes de grande sucesso de bilheteria em Hollywood, como Esqueceram de Mim, Riquinho e Meu Primeiro Amor, o ator decidiu sair da indústria por causa do pai.

“Ele e minha mãe entraram em um disputa horrível pelo meu dinheiro em 1994”, explica Macaulay.

De acordo com o rapaz, apesar de tudo, a briga foi uma das melhores coisas que aconteceu com ele. Depois disso, ele pode sair do meio cinematográfico.

“Estou fora! Espero que tenham ganhado bastante dinheiro. De mim, não terão mais nada”, lembra Culkin.

Filme “Esqueceram de Mim

Ser um ator de sucesso na infância pode ser responsabilidade demais para algumas pessoas. Muitos ficam perturbados e entram no caminho das drogas quando adultos.

Foi o caso de Macaulay Culkin, que teve uma juventude conturbada e cheia de polêmicas.

É bom saber que, apesar dos abusos do passado, hoje ele é um homem responsável e feliz. Longe das drogas e bebidas.

Fonte: G1

POSTS PATROCINADOS