Estudo aponta que dormir de costas na gestação aumenta as chances de morte fetal


Grávida dorme de costas
PUBLICIDADE

Durante a gestação, todas as mulheres precisam tomar diversos cuidados. A alimentação precisa mudar e velhos hábitos prejudiciais precisam ser deixados de lado para evitar afetar a saúde tanto da futura mamãe quanto de seu bebê. Um estudo publicado no periódico “British Journal of Obstetrics and Gynaecology” é alarmante.

Ele foi realizado com cerca de mil gestantes e mostrou que o risco de morte fetal pode dobrar caso as mulher durma de costas no último trimestre de gestação. Segundo o estudo, em 291 gestações os bebês nasceram mortos e 735 mulheres tiveram bebês saudáveis. As observações ainda foram comparadas com pesquisas realizadas na Austrália e na Nova Zelândia.

PUBLICIDADE

Estudo sobre morte fetal

Recomendações dos especialistas:

De acordo com especialistas, o certo é que a mulher durma de lado. Nem sempre é possível controlar qual será a posição durante todo o sono, mas deitar de lado já é importante. Ainda não há uma resposta formada que explique o motivo das mortes fetais serem bem maiores; mas, acredita-se que o peso da criança e do útero pressionam os vasos sanguíneos. Isso afeta o abastecimento de sangue ao bebê e, consequentemente, a transferência de oxigênio para ele.

Estudo sobre morte fetal

O estudo concluiu que mais de 100 mil vidas de bebês podem ser salvas pelo mundo se as grávidas dormirem de lado no último semestre da gestação. Fique atenta!

Foto: Reprodução/ Internet

Fonte: O Tempo

POSTS PATROCINADOS