Escritor britânico ajuda filho em redação sobre seu próprio livro e garoto tira nota baixa


PUBLICIDADE
Autor de obras como “Reparação” e “Na praia” conta que não conseguiu agradar muito a professora de seu filho

Ian McEwan é um dos maiores escritos contemporâneos. No entanto, parece que nem sempre ele pode agradar a todos. Isso porque, recentemente, o escritor britânico de 69 anos contou à revista “Event”que não conseguiu ajudar muito bem o seu filho Greg com o dever de casa.

Tudo começou quando a professora do garoto passou para a sala um trabalho em que os alunos deveriam ler o livro de McEwan, “Amor sem fim”, de 1997, e escrever uma redação sobre a obra. O escritor ajudou o filho e disse quais os pontos principais que ele deveria retratar no texto, no entanto, o garoto acabou recebendo a conta C+ (a nota máxima era A).

PUBLICIDADE

“Eu confesso que dei a ele um tutorial e disse o que ele deveria considerar. Eu não li a redação, mas, no fim das contas, o professor discordava fundamentalmente do que ele tinha dito”, contou McEwan. De acordo com o autor, vendedor do prêmio Man Booker, ele passou a se sentir “um pouco mais desconfiado” quando as pessoas são obrigadas a ler seus livros.

Acredito que Greg deve ter ficado bastante chateado com a nota sendo filho do escritor. Será que a professora sabia do parentesco?

 

Fonte: O Globo

POSTS PATROCINADOS