Elefanta cega é libertada de anos de trabalho e a emoção toma conta quando é recebida por novo rebanho


PUBLICIDADE
O filme da vida real deste elefante

A vida de Ploy Thong merece ser contada e recontada diversas vezes. A vida deste elefantinho começou como a de muitos outros, em um cativeiro. Quando era pequeno, ele foi levado para trabalhar no circo. Era muito complicado, pois ele sofria diariamente para se adequar aos métodos de seus donos.

Mas o tempo passou e ele foi vendido. Parecia ser bom, mas a verdade é que nada mudou. O elefante desta vez trabalharia carregando pessoas entre os pontos turísticos da Tailândia. E tudo isso com uma espécie de cabine em suas costas, onde os visitantes ficariam. E é difícil de imaginar que este animal aguentou todo este sofrimento durante longos 16 anos. Mas essa vida cheia de trabalhos foi prejudicial para Ploy, que perdeu a visão, tornando-se cego.

PUBLICIDADE

Quando voluntários da Save Elephant Foundation conheceu este animal, decidiram naquele momento que iriam resgatá-lo. Os ativistas entraram em contato com o dono do animal e conseguiram um acordo para libertá-lo.

E depois de tanto tempo trabalhando, ele foi assim recebido:

Os voluntários conheceram esta elefanta durante uma viagem, quando pretendiam resgatar outro animal. E foi naquele instante que sentiram que ela precisava de ajuda. Foi então que eles conseguiram negociá-la e trazê-la a liberdade.

Mas como ela é cega, não podia ser simplesmente deixada em liberdade. Foi quando decidiram levá-la ao Elephant Nature Park, um local com bastante espaço e especialmente para elefantes.

Muito legal a volta por cima, não é? Dá para ver a felicidade no rosto de Ploy ao se integrar com seu novo rebanho.

Fotos: Reprodução Internet

Fonte: Daily Mail

POSTS PATROCINADOS