Confira 9 dicas para montar a mala do seu cãozinho na hora fazer uma viagem de férias


PUBLICIDADE
Dicas para fazer a mala do seu cachorro

Você vai viajar e levar o seu pet? Então, não deixe de conferir essa lista com tudo o que não pode faltar na mala do seu cachorro. Assim, você pode aproveitar muito mais as férias e os passeios com o seu amigo e garantir a diversão. Confira abaixo tudo o que ele pode precisar e não passe apertado!

O que levar na mala do cachorro ao sair de férias

PUBLICIDADE

Você sabia que para viajar com o seu amigo bicho é necessário cumprir algumas regras de segurança? Independente se a viagem é de carro ou avião, existem procedimentos para seguir, tanto para viagens nacionais quanto internacionais, então, fique atento!

E para não passar apertado durante a viagem, anote dicas úteis para fazer a mala do seu pet!

  1. Mala de mão

Sim, o seu pet precisa ter uma mala de mão e nela você precisa incluir guloseimas e água. Assim como a sua mala de mão é preparada, no caso de viagens de carro, o seu cachorro também precisa de uma “lancheira” com itens básicos e de emergência. Nela você deve incluir:

  • O cãotil: conta com dois compartimentos, sendo um para água e outra para petiscos/ração;
  • Coleira e guia: para as paradas;
  • Medicamentos: caso ele faça algum tratamento ou para prevenir mal-estar e que ele fique agitado (prescritos pelo veterinário);
  • Sacos para os dejetos;
  • Brinquedos: os animais também ficam entediados e nada como um brinquedo para alegrá-lo.
  1. Fonte bebedouro

Não deixe de levar, afinal, o seu amigo merece ter uma fonte de água fresca e limpa sempre que precisar, concorda? E por falar em água, não se esqueça de levar um cantil para que ele se hidrate durante os passeios.

  1. Banheiro

Pode soar estranho, mas estamos falando do seu cachorro, portanto, não se esqueça de levar o “banheiro” dele. Considere que o seu pet pode ficar inseguro com a mudança de ambiente e acabar fazendo as suas necessidades no lugar errado. Para que isso não ocorra, leve o tapete higiênico que ele já está acostumado.

  1. Plaquinha de identificação

São muitos os lugares para passear com os cãese no destino visitado pode ter aqueles famosos parques em que os cães correm soltos. Porém, lembre-se de que locais diferentes podem deixar o animal agitado e ele acabar “fugindo”.

Para que ele não se perca na hora dos passeios, considere levar uma plaquinha de identificação, além da guia e coleira. Dessa forma, por mais longe que ele vá sem você, alguém vai acabar encontrando e entrando em contato com você.

  1. Brinquedos diversos

Além dos brinquedos para levar dentro do carro, considere levar os brinquedos que o seu pet mais gosta para que ele se distraia ao ficar no hotel. Vale bichinhos de pelúcia, ossinhos, bolas, enfim, o que o deixa mais próximo do seu ambiente familiar.

  1. Cama

Leve a cama que o seu pet já está acostumado a dormir, já que sentir o cheiro familiar contribui para que ele tenha uma boa noite de sono e fique mais tranquilo.

  1. Tenha contatos de veterinários

Converse com o médico veterinário do seu cachorro e peça indicações de colegas de profissão no destino que você vai visitar. Isso ajuda muito para qualquer eventualidade que possa ocorrer.

  1. Roupas

O destino é frio? Não vai se esquecer de levar roupas para o seu pet e considere levar peças extras. Além dos famosos vestidos/camisas, coloque na mala bandanas e acessórios, como laços, afinal, o pet também está de férias e merece se exibir um pouco.

9. Documentos

A carteira de vacinação não pode ficar de fora da mala, além disso, dependendo do destino visitado, especialmente se for internacional, você vai precisar do atestado de saúde do animal.

Então, anotou tudo para fazer a mala do seu cachorro? Faltou algum item? Complete para nós deixando o seu comentário!

Escrito por Andreia Silveira, autora no SeguroViagem.org.

POSTS PATROCINADOS