Homem com poucos dias de vida coloca seu cão para adoção e recebe milhares de respostas


PUBLICIDADE

Walter Hollier já havia aceitado o fato de que iria morrer. Depois de ter sido diagnosticado com câncer de fígado no estágio 4, os médicos só lhe deram de três a seis meses de vida. A sensação de saber que seus dias estão contados deve ser terrível, mas ainda assim, ele colocou a vida de seus cãezinhos em primeiro lugar.

Antes de morrer, Walter queria garantir que seus cachorros, Doc e Diego, fossem ajudados. Ele manteve sua promessa à falecida esposa de cuidar de Doc antes do animal morrer de câncer de mama há dois anos. “Uma das últimas coisas que ela me disse em seu leito de morte foi: ‘Cuide do Doc'”, disse Walter.

PUBLICIDADE

Quanto a Diego, Walter queria usar seu “tempo restante” para encontrar uma casa para o cachorro antes de morrer. O homem, então, apostou no Facebook para pedir ajuda para encontrar uma nova casa para o cão. “Me parte o coração em perdê-lo. Mas me causaria grande conforto quando eu morrer de que ele está sendo bem cuidado”, escreveu Walter em seu post.

Pouco sabia Walter que mais de 85.000 pessoas compartilhariam sua postagem e outras centenas ofereceriam para adotar o cachorro. “Meu telefone tocava a cada seis segundos”, disse Walter. Em última análise, ele decidiu que o novo lar de Diego seria um centro de reabilitação para homens. Lá, ele teria jardins para correr e, assim, oferecer apoio para os moradores do local.

Walter admitiu que era difícil dizer adeus a seu amigo. “Eu chorei todo o caminho até a estrada”, disse ele. Realmente é um sentimento terrível deixar seu ‘filho’ para desconhecidos. Mas de qualquer forma, mesmo que Walter se fosse, a vida dos cãezinhos continuava. Ficamos felizes que ele tenha tido essa coragem incrível de pensar no melhor para seus animais, antes de qualquer coisa.

 

Fonte: Little Things

POSTS PATROCINADOS