Com apoio de mãe, jovem com paralisia cerebral se forma em engenharia e entra em Harvard


PUBLICIDADE

Você já deve ter visto muitas histórias de superação. De pessoas que não tinham condições para nada e conseguiram tudo até os desacreditados que conseguiram ir longe. Mas e uma história em que a mãe foi a única a acreditar em seu filho e com a ajuda dela tudo deu certo?

Com muito amor e dedicação, uma mãe chamada Zou Hongyan fez seu filho Ding Ding chegar exatamente no lugar onde ele queria. Tudo começou em 1988, quando ela deu à luz a um bebê na província de Hubei, na China. Mas aquele momento de felicidade foi abalado quando os médicos revelaram que o filho dela nasceu com paralisia cerebral e teria muitos problemas no futuro. Por isso, eles aconselharam ela a abandonar a criança, ação que até mesmo seu marido também apoiava.

PUBLICIDADE

Para a sorte de Ding Ding, o amor falou mais alto e Zou jamais desistiu do novo integrante da família. Nesse momento, ela sabia que deveria ter um novo objetivo em sua nova: educar e apoiar o bebê, em um instante em que mais ninguém acreditava nele.

Com a intenção de educar Ding Ding da melhor maneira, esta guerreira chegou a trabalhar em três lugares ao mesmo tempo. E não era só isso, ela também fazia jogos mentais com seu filho para estimular o cérebro dele.

E esse esforço todo foi recompensado. Com a ajuda da super-mãe, Ding Ding se formou na Universidade de Pequim com um diploma de bacharel em Ciências ambientais e Engenharia e conseguiu entrar na conceituada Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, onde estudará Direito.

A “guerreira” contou ao jornal South China Post que jamais desistiu de seu filho por causa dos problemas que ele enfrentaria: “Eu não queria que ele se sentisse envergonhado por ter esses problemas físicos. Porque ele tinha habilidades inferiores em muitas áreas, eu era muito rigorosa com ele para que trabalhasse duro e conseguisse melhorar as áreas que tinha dificuldade”, disse.

Fotos: Reprodução

POSTS PATROCINADOS