Clientes juntam forças e conseguem impedir que idoso feche restaurante após morte da esposa


PUBLICIDADE
Ele estava prestes a declarar falência do local

Já esteve em um restaurante onde você não se sente como apenas um cliente, e sim um membro da família? Foi assim que Tody e Betty Butner tratavam todos que frequentavam o Pinewood Restaurant no estado de Virgínia, Estados Unidos.

Durante 32 anos eles tentaram fazer daquele lugar um local acolhedor e convidativo para os clientes regulares e também para os novos clientes.

PUBLICIDADE

Betty era o tipo de mulher que dava um abraço e um beijo na bochecha ao se despedir de cada cliente, mesmo que ela nunca tivesse conhecido a pessoa antes.

Infelizmente, Betty faleceu no final de 2017. Tody lutou muito, mas não teve escolhe a não ser fechar as portas do restaurante.

Partiu seu coração abandonar o negócio que ele passou tantos anos construindo ao lado de alma gêmea. Mas, devido aos altos custos de funeral, ele simplesmente não podia se dar ao luxo de manter o lugar aberto.

Clientes e amigos

Quando os clientes de Tody, muitos deles que trabalham na polícia local e no corpo de bombeiros, descobriram que ele estava planejando fechar a loja, eles perceberam que algo tinha que ser feito.

Eles se uniram e começaram a juntar o que podiam na esperança de ajudar Tody a manter o restaurante em funcionamento.

Uma vaquinha foi iniciada e mais de 6 mil dólares foram cobrados. Dinheiro que vai poder cobrir os custos do funeral, e até a cremação de Betty.

A própria funerária, depois de ficar sabendo da situação de Tody, ofereceu um desconto que ajudou muito. Isso significou que Tody não precisaria mais fechar o seu restaurante.

Surpresa

Em uma noite de sexta-feira, toda a comunidade se juntou para surpreender a Tody no Pinewood Restaurant, que estava lotado, como sempre.

“Em nome de todos, não queremos que você feche, queremos que o restaurante continue a funcionar”, disse o oficial de polícia, Billy Grimmer.

“Vocês são os melhores”, disse Tody, enquanto tentava segurar as lágrimas.

Como Tody é muito tímido para falar com a mídia, ele compartilhou os seus sentimentos através do policial Grimmer.

“Eu me sinto maravilhoso com isso”, disse Tody.

Betty vive

Tody conseguiu reabrir Pinewood no dia 2 de janeiro deste ano. Sua filha assumiu os deveres de Betty na cozinha, mas não dá para negar que o espírito de Betty vive no lugar.

“Você pode sentir ela no restaurante. Na minha cabeça eu consigo até ouvir ela falar durante o dia”, disse um dos melhores amigos de Tody, Mike Elliott.

Grimmer, um clienteantigo, acredita que era um dever para os clientes ajudarem como podiam.

“Isso é algo que você faz do coração, apenas amigos ajudando amigos”, disse ele.

Embora Tody e sua família ainda estão com o coração partido por sua perda, eles sabem que têm o amor e o apoio da comunidade local.

Torcemos para que Tody continue representando o legado de Betty por muitos anos.

Fonte: Newsner

POSTS PATROCINADOS