Celebridades se unem para pressionar presidente da Indonésia contra o consumo de  carne de cães e gatos


PUBLICIDADE
Esse pode ser o início do fim dessa atrocidade no continente asiático

Alguns dos maiores nomes do cinema, música e esportes de todo o mundo se uniram para assinar uma carta pedindo um posicionamento do presidente da Indonésia, Joko Widodo.

O intuito da ação é acabar com a matança brutal de milhões de cães e gatos feito pelo comércio de carne no país. Mais de 90 celebridades, incluindo Pierce Brosnan, Cameron Diaz, Ellen DeGeneres, Simon Beckell, Kate Beckinsale e Elizabeth Hurley estão apoiando a causa chamada, Dog Meat-Free em tradução livre: Livre de Carne de Cachorros.

PUBLICIDADE

Uma investigação na Indonésia expôs a desumanidade no tratamento de cachorros e gatosque são espancados e levados à morte nos terríveis mercados indonésios. O movimento é formado peloAnimal Friends Jogja,  Change for Animals Foundation e pela Humane Society International.

Além da crueldade e brutalidade, o comércio representa uma séria ameaça à saúde e segurança dos cidadãos indonésios, devido à propagação da raiva e da violência que surgiu em torno de gangues que levam os cães para serem vendidos neste comércio.

Conteúdo da carta

Na carta aberta escrita para o presidente Widodo, as celebridades citam os danos que o comércio está causando à reputação internacional da Indonésia como um destino turístico popular, e pedem que ele tome medidas para se juntar ao crescente número de países da Ásia que proibiram o comércio e o consumo de alimentos feitos com carne de cachorro e gato.

Além da participação de celebridades globais, a campanha também recebeu apoio de algumas das maiores celebridades locais da Indonésia.

“Ficamos horrorizados com as descobertas da investigações em todo o país pelo Movimento ‘Dog Meat-Free Indonesia’, documentando a terrível realidade do comércio: mais de um milhão de cães e gatos são transportados pela Indonésia para abastecer mercados, matadouros e restaurantes. Esses animais, muitos deles animais de estimação roubados, são submetidos a métodos cruéis e brutais de captura, transporte e abate, e o imenso sofrimento e medo que devem suportar é de partir o coração e é absolutamente chocante.

As filmagens dos mercados em Sulawesi do Norte são deploráveis ​​e documentam claramente o uso rotineiro de manuseio e assassinato brutais, incluindo animais repetidamente arremessados ​​sobre a cabeça, matando animais na frente de seus companheiros de gaiola aterrorizados e cães boiando enquanto ainda estão vivos. Temos certeza de que você concordará que o nível de brutalidade contra esses cães e gatos é chocante e exige sua atenção urgente ”.

Estopim

As imagens que moveram celebridades para se juntarem à campanha foram filmadas pela coalizão do DMFI durante investigações em todo o país, incluindo no início deste ano em dois dos 200 mercados tradicionais de animais do norte de Sulawesi. Ele documenta o abate de cães e gatos para consumo humano, onde, à vista de seus companheiros de gaiola apavorados, cães e gatos são vistos puxados pelo pescoço com um laço e repetidamente espancados na cabeça. Alguns cães são então filmados enquanto estão claramente vivos, um processo feito para remover o cabelo antes do massacre.

A presidente da Humane Society International, Kitty Block, diz: “A brutalidade do comércio de carne de cães e gatos da Indonésia é totalmente deplorável e precisa parar agora. Somos muito gratos a esses famosos indonésios e globais que se uniram para apoiar os esforços da Dog Meat-Free Indonesia para acabar com essa indústria cruel e perigosa, e respeitosamente exortamos a Presidente Widodo a trabalhar conosco em uma solução que proteja não apenas os cães e gatos, mas também a saúde de seu povo ”.

 

Luisa Mell

Em janeiro de 2018, a apresentadora e ativista pelos direitos dos animais, Luisa Mell, já tinha feito um alerta sobre a forma em que os cachorros e gatos são tratados na Indonésia.

Em uma publicação de seu Instagram, em que aparece uma mulher indonésia chorando enqaunto levam seus cachorro, ela faz o seguinte questionamento: “Eles riem da senhora que se despede de um cão que será morto para virar comida💔 humanidade, eu não te entendo.”

O ator Bruna Gagliasso e a blogueira Evelyn Regly foram algumas das pessoas que ficaram indignadas com essa situação.

O movimento de pessoas tão relevantes em todo o mundo pode ser o início de algo muito grande que vai vai salvar a vida destes animais no continente Asiático.

Ficamos na torcida para que esse absurdo acabe o mais rápido possível.

Fonte: LiveKindly

POSTS PATROCINADOS