Após foto em ponto de ônibus, casal ganha festa de casamento em uma corrente de solidariedade


PUBLICIDADE
Foto tirada dos pombinhos viralizou na internet e acabou rendendo aos dois uma super festa de casamento.

Wilma e Antônio se conheceram há 6 anos, no interior do estado do Pará. O que eles não podiam imaginar era que sua história de amor seria marcada por uma grande corrente de solidariedade, que começou com um frustração.

Antônio está sem emprego, e os dois tem 3 filhos para criar. Mesmo assim tinham o sonho de se casar, e decidiram fazer uma troca de votos simples no cartório da cidade.

PUBLICIDADE

Após se arrumarem para o tão esperado dia, ele de terno, e ela de vestido branco, os dois pegaram uma carona até o local.

Para a tristeza de casal, eles tinham se confundido quanto aos horários e foram informados que teriam que remarcar a cerimônia. Wilma questionou o seu futuro marido sobre voltar para casa de ônibus com o vestido de noiva, mas não tinham outra alternativa.

Foto: Daya Reis

No caminho de volta, enquanto esperavam o ônibus, o casal foi fotografado por Daya Reis, uma funcionária da prefeitura. O que mais chamou a atenção de Daya foi a felicidade que estava estampada na cara de ambos, mesmo com as adversidades.

Em poucos dias as fotos já somavam mais de 7 mil curtidas, e a cidade começou a se mobilizar para realizar o sonho do casal.

Começou com a fotógrafa Claudete dos Santos, que doou um ensaio de casamento. Segundo Claudete, Wilma estava mostrando naquela foto que não tinha vergonha do amor que sentia pelo seu parceiro, mesmo não tendo a melhor das condições. “Foi algo que me impactou muito”, explica a fotógrafa.

Foto: Claudete dos Santos

Logo em seguida, várias outras pessoas começaram a aparecer oferecendo seus serviços. Quando perceberam, a festa estava feita. Desde maquiagem, buffet e cerimonialistas até a decoração, tudo foi doado.

Antônio e Wilma tiveram mais do que o casamento de seus sonhos, pois tiveram momentos que nem poderiam sonhar que teriam. Daya, a pessoa que tirou a foto que foi estopim disso tudo, disse a reportagem: “Quando as coisas não acontecem do jeito que você quer, é porque elas vão acontecer de uma forma muito melhor do que você imaginou”.

 

Torcemos muito para a felicidade do casal Wilma e Antônio, e desejamos que a história de solidariedade de todos os voluntários sirva de incentivo para mais pessoas terem atitudes como esta.

Fonte: G1

POSTS PATROCINADOS